Treino de 11 Km em Chicago

Galera,

Hoje foi um dia diferente. Tive que vir a trabalho em Chicago, estado de Illinois nos Estados Unidos. Uma cidade encantadora, com um visual magnífico. Nesta época do ano (julho) é verão aqui e a cidade, que no inverno enfrenta frio rigoroso, fica charmosa e atrativa com um calorzinho de uns 25 ºC.

 

Chicago

 

Mesmo cansado do vôo de 14 horas, resolvi aproveitar o tempo livre do sábado para fazer um treino longo, sem compromisso. Peguei o tênis e o iPod e sai correndo sem rumo pelas ruas. Rapidamente cheguei a rua que segue paralela à costa do lago Michigan, o sexto maior lago do mundo.

 

 

Lago Michigan visto do espaço

Lago Michigan visto do espaço

 

Fui correndo sem nenhuma preocupação com tempo ou performance. O objetivo era treinar um pouco e aproveitar para conhecer a cidade. Nas margens do lago percebi qual é a principal diversão da população aqui, no verão. É pegar as cadeiras de praia, churrasqueira, e kit farofeiro completo e baixar na beira do lago pra fazer um churrasquinho, ouvir uma música e beber. Centenas de pessoas estavam por ali quando passei.

Continuei e a minha direita, no Parque Grant, já pude avistar o enorme chafariz “Buckingham Fountain”, uma das marcas registradas de Chicago. O chafariz foi construído e doado a cidade, em 1927, por Kate Buckingham. O projeto é do designer Edward H. Bennett e as esculturas de Jacques Lambert. A obra foi baseada no chafariz “Latona Fountain” do Palácio de Versailles, na França. A  ”Buckingham Fountain” em Chicago aparecia sempre na abertura do seriado “Married With Children”, também. Ao fundo já dava para ver claramente o prédio mais alto dos EUA, o Sears Towers, imponente com sua estrutura negra.

 

 

Buckingham Fountain

Buckingham Fountain

 

Continuei circundando a margem do lago e passei pelo John Shedd Aquarium, criado em 1930 e ainda hoje é o maior aquário do mundo com 19 milhões de litros. Ao lado do Aquário fica o domo do planetário de Chicago, o Adler Planetarium. 

 

 

John Shedd Aquarium

John Shedd Aquarium

 

 

Depois entrei no Parque Grant e cortei até chegar na Av. Columbus e fechei o circuito indo até o hotel. Estava com meu Nike+, então deu pra chegar a distância e tempo do percurso. Foram quase 11 Km em aproximadamente 1h10min. Encerrei o treino com a sensação de dever cumprido. Vou tentar fazer mais um treino longo aqui ainda. Quem sabe conheço alguma outra parte da cidade.

 

Até a próxima!

PodCorrer.com no Portal iG

Orgulhosamente o PodCorrer.com foi citado no Canal Estilo do Portal do iG. Obrigado, Pessoal! Já deu pra sentir o impacto na nossa audiência. Tivemos 5 vezes mais visitas do que em um dia normal! 

Confira http://estilo.ig.com.br

 

PodCorrer.com no iG

PodCorrer.com no iG


A Corrida na Esteira é Diferente Daquela Feita ao Ar Livre?

 

Será que a energia gasta com a corrida na esteira seria a mesma com a corrida ao ar livre?

Uma pesquisa realizada com 8 fundistas que correram nos dois meios, na mesma velocidade e nas mesmas condições revelou que do ponto de vista prático, não houve diferenças mensuráveis nas demandas aeróbicas da corrida submáxima (até 286 m/min), nem entre o consumo máximo de oxigênio medido em ambas as formas de exercícios nas mesmas condições ambientais.

Entretanto, ainda é possível que para as velocidades mais rápidas na competição de endurance (resistência), a influência da resistência do ar se torne considerável aumentando o custo em oxigênio da corrida na pista em comparação com a corrida estacionária.

Thyago Carvalho

A Musculação Melhora a Performance de Resistência?

Um estudo de 1988 do Dr. R.C. Hickson e colegas, na Universidade de Illinois em Chicago, investigou se adicionar treinamento de força poderia melhorar a performance de atletas de resistência. Os pesquisadores tinham 8 atletas de ciclismo e corrida de longa distância que adicionaram musculação aos seus programas de exercícios. Os atletas fizeram 3-5 séries de 4 exercícios para pernas, 3 vezes por semana durante 10 semanas. Depois de 10 semanas a força da perna aumentou 27% no agachamento de pernas, 37% na extensão de joelho e 25% na flexão de joelho. Porém, a musculação não ocasionou qualquer mudança no consumo máximo de oxigênio (VO2 máximo).

A resistência de curta duração foi medida com os atletas pedalando e correndo o mais forte possível por 4-8 minutos. Quando testados novamente depois do treinamento com musculação, os atletas elevaram o tempo para exaustão em 11% ao pedalar e 13% ao correr. De forma similar, o tempo que os atletas conseguiram pedalar em 80% do VO2 máximo aumentou de 71 minutos para 85 minutos depois do treinamento de musculação.

Porém, o efeito da musculação na performance da corrida não foi tão bom. Dois dos oito atletas ficaram lesionados e não foram capazes de completar a corrida de 10 km posterior às sessões de musculação. Nos outros seis atletas os tempos nos 10 km melhoraram de uma média de 42:27 para 41:43 depois do treinamento com musculação. Ainda que essa melhora não seja estatisticamente significativa, ela sugere que a musculação teve algum impacto positivo na performance da corrida.

 

Um estudo de 1995, publicado no Medicine and Science in Sports and Exercise, descobriu resultados similares a respeito do VO2 máximo. Dr. John McCarthy e colegas da University of Wisconsin-Madison Biodynamics Laboratory não encontraram elevação no VO2 máximo com adição de musculação ao programa de treinamento. Nesse estudo, homens adultos sedentários foram divididos em 3 grupos. Um grupo com musculação, outro com treinamento de resistência e o terceiro com uma combinação de musculação e treinamento de resistência. O VO2 máximo aumentou em 18% no grupo com treinamento de resistência e 16% no grupo com treinamento combinado. Portanto, nem esse estudo nem o da Universidade de Illinois encontrou elevação no VO2 máximo com adição de musculação ao programa de treinamento.

 

Porém, um estudo de 1994 na Universidade de New Hampshire encoraja fortemente a musculação para corredores de longa distância. O fisiologista do exercício Ron Johnston encontrou melhoras na economia de corrida depois de 10 semanas de programa de musculação. No estudo, 12 corredoras treinadas foram divididas em grupos para 10 semanas de treinamento. Um grupo continuou a correr e adicionou musculação 3 vezes por semana da parte superior do corpo, abdômen e pernas. O outro grupo só correu.

O grupo da corrida mais musculação melhorou a força da parte superior do corpo em 24% e a força das pernas em 34%. O VO2 máximo e limiar de lactato não foi alterado significativamente nos dois grupos, o que é consistente com os estudos já mencionados. A descoberta mais interessante foi que a economia de corrida melhorou significativamente no grupo com musculação, mas não se alterou no grupo só com corrida. A economia de corrida melhorou mais de 2% nas 3 velocidades de corrida usadas no estudo. Johnston explica: “musculação melhora a economia de corrida ou pela redução do movimento desnecessário ou porque pernas mais fortes permitem aos corredores a utilizarem mais as fibras musculares de lenta-contração mais econômicas.” Johnston não é apenas um espectador do esporte, tendo ganho a corrida de 50 milhas Maine em 1994.

A economia de corrida determina o quanto rápido você pode correr a um determinado nível de consumo de oxigênio. Uma vez que a quantidade de consumo de oxigênio que você pode manter durante uma corrida é determinada pelo limiar de lactato, sua economia de corrida realmente dita o quanto rápido você pode correr. Uma melhora de 2% na economia de corrida se traduz em uma elevação de 2% na velocidade da corrida, o que representa uma melhora de 48 segundos para uma corredor de 40 minutos nos 10 km!

Parece ótimo. Corra e faça musculação, corra mais rápido e ainda melhore sua aparência. Mas e se você detestar musculação?

Thyago Carvalho
thyago@thyagocarvalho.com

Colabore com o PodCorrer.com

Você gosta de blogar? Gosta de correr? Então colabore com a gente!

Tenho recebido mensagens dos visitantes do blog dando força e apoio para continuarmos publicando posts com comentários sobre as provas. Infelizmente, é impossível cobrir um grande número de competições. Gostaríamos de dar mais informações sobre provas em outras cidades e estados. 

Portanto, peço a colaboração dos corredores espalhados pelo Brasilzão. Se você gosta de correr e tem vontade de publicar suas opiniões, reclamações, elogios, fotos, vídeos sobre as provas que participou, use nosso espaço!!

Mande um e-mail para mim (francisco@podcorrer.com) ou deixe um comentário no blog. Entrarei em contato e acertamos os detalhes.

Venha correr e blogar conosco!

Abraço,

Fortes

Circuito das Estações Adidas 10K – Inverno

Mais uma pro caderninho, amigos. Acabo de finalizar a prova Adidas 10K, a 2ª etapa do Circuito das Estações Adidas 2008 (Inverno). Como todas as provas deste circuito, o percurso foi na região do Estádio Pacaembu, passando pelo Elevado Costa e Silva. Tenho boa experiência neste percurso, pois é praticamente no “quintal de casa”. É nesta região que costumo fazer meus treinos. 

Medalha Adidas 10K - Circuito das Estações 2008 - Inverno

Medalha Adidas 10K - Circuito das Estações 2008 - Inverno

São Paulo estava com tempo bastante nublado e o friozinho de 15ºC junto com um ventinho chato estavam incomodando um pouco antes do início da prova. A retirada do chip foi tranquila, e a arena estava bem montada dentro do estádio. Deu pra perceber que o velho Pacaembu, inaugurado em 1940, está muito bem cuidado. O gramado perfeito e todas as instalações em ótimo estado. 

Estádio Pacaembu

Estádio Pacaembu

Tudo estava muito bem organizado. Ao contrário do aconteceu na última prova que participei (veja o post da Super 9K), nesta elogio a galera da Iguana Sports pela organização do evento. Tudo sem tumulto, stands interessantes, lanche pós-prova ok, camiseta muito boa, postos de hidratação bem espalhados, distribuição de isotônico, toalhinha de brinde, e até foto com fotógrafo profissional no final para guardar de lembrança. Não descobri o número oficial de participantes, mas certamente havia mais de 3000 pessoas por lá.

O site da prova informa que meu tempo líquido oficial foi de 57’08″, fazendo um ritmo médio de 5’43″/Km, levemente mais acelerado do que o que obtive na Super 9K nesta última quarta-feira. Minha classificação foi 2313 e 350 corredores da minha faixa etária chegaram na minha frente.

Adidas 10K - Monitoria Nike+

Adidas 10K - Monitoria Nike+

A boa notícia é que, fazendo um retrospecto das últimas provas de 10K que participei, percebe-se claramente uma tendência de redução do tempo. Vejam:

  • Samsung 10K (Nov/07): 1h04m00s – Passo: 6’24″/Km
  • Bombeiros 10K (Jun/08): 1h00m20s – Passo: 6’02″/Km
  • Adidas 10K (Jul/08): 57m08s – Passo: 5’43″/Km
Adidas 10K na Av. Pacaembu

Adidas 10K na Av. Pacaembu

Sinal que os treinos estão dando resultado. Claro que com percursos diferentes e, principalmente, altimetrias diferentes é preciso tomar cuidado com estas comparações.
Adidas 10K - Troféu

Adidas 10K - Troféu

Bom, agora é focar nos treinos novamente e preparar-me para a próxima prova. Este mês chega. A próxima será a Corrida Bovespa Centro Histórico 9K no dia 10 de agosto. Essa promete ser uma prova legal. O cenário será o velho e bom centrão de São Paulo, outra região que conheço bem.
Adidas 10K no Elevado

Adidas 10K no Elevado

Como sempre, não deixe de conferir nosso fotolog no Flickr e também os resultados e fotos da prova nos sites de fotos online:

Corridas de Agosto em São Paulo

Corredores,

Já estão abertas as inscrições para as principais provas que ocorrerão em Agosto em São Paulo. Com a demanda cada vez maior pelas corridas, sugiro inscrever-se com bastante antecipação, principalmente na Nike 10K. Esta prova costuma esgotar as vagas rapidamente.

As corridas de agosto em Sampa serão:

03/08 - Corporate Run – USP – 5 Km e 10 Km
10/08 – Corrida Bovespa Centro Histórico – 9 Km
17/08 – Troféu Duque de Caxias – Unicsul – 10 Km
24/08 - Corrida (5.5 Km) e Caminhada (4 Km) Contra o Câncer
31/08 - Nike+ Human Race – Nike 10K 

 

Nike 10K

Nike 10K

 

 

Corrida Bovespa Centro Histórico 9K

Corrida Bovespa Centro Histórico 9K

 

 

Corrida e Caminhada Contra o Câncer de Mama

Corrida e Caminhada Contra o Câncer de Mama