Nova Corrida: ASICS W21K – A Primeira Meia-Maratona Feminina da América Latina

Atenção meninas! A Asics tem uma grande novidade para as corredoras brasileiras. Pela primeira vez no Brasil uma prova de 21Km 100% dedicada para o público feminino.

De olho no número cada vez maior de mulheres que praticam corrida, a ASICS, marca referência em running no país, patrocina a primeira prova de 21k exclusivamente feminina do mercado brasileiro, a W21K ASICS. A primeira meia-maratona feminina, acontecerá em São Paulo no dia 7 de setembro, e reflete o crescimento das mulheres nas corridas de longa distância. No Brasil, o número de corredoras cresceu 39% em 2013 e nos Estados Unidos as mulheres já representam cerca de 61% do público que conclui meias-maratonas.

asics w21k logo
“Identificamos o crescimento da participação das mulheres nas etapas de longa distância e no consumo de produtos e decidimos apoiar a primeira meia-maratona exclusivamente feminina do país para proporcionar uma experiência única as corredoras. A prova terá tudo o que público feminino procura para fazer 21k, infraestrutura e atenção nos detalhes”, afirma Giovani Decker, presidente da ASICS Brasil.”

As inscrições para a W21K ASICS estão abertas a partir de hoje 16/06 (segunda – feira) e poderão ser efetuadas pelo site www.w21kasics.com.br, com valores de R$ 79,00 – De 16 à 26/06 (R$ 69,00 para assinantes suacorrida.com.br), R$ 89,00 – De 27/06 à 31/07 (R$ 79,00 para assinantes suacorrida.com.br) e R$ 99,00 – De 01/08 até o sold out (R$ 89,00 para assinantes suacorrida.com.br).

Limitada para 2 mil corredoras a W21k ASICS, que será realizada pela Iguana Sports, terá largada às 7h da manhã na USP e chegada no mesmo local. As competidoras terão toda a infra-estrutura necessária para garantir muita performance ao longo dos 21k: água a cada 2 km, isotônico a cada 4 km e estrutura médica.

Para participar da W21K ASICS, as corredoras deverão retirar seu kit, composto por: camiseta, viseira e sacola exclusiva, na Flagship Store ASICS, localizada na Rua Oscar Freire, 1082 – de 5ª.feira a sábado, das 10h às 20h.

W21K ASICS
Data: 7 de setembro
Horário: 7h
Local: Cidade Universitária da USP (São Paulo – SP)

ASICS
SAC: (11) 0800 077 7776
Site: www.asics.com.br

Siga a ASICS nas mídias sociais:
Facebook: http://www.facebook.com/ASICS
Youtube: http://www.youtube.com/asics
Twitter: http://twitter.com/asicsbrasil
Instagram: @asicsbrasil
Flickr: www.flickr.com/photos/asicsblog
Pinterest: http://pinterest.com/asicsbrasil/

XIV Meia Maratona Internacional Corpore 21K: Resultado

Amigos Corredores,

Hoje é um dia muito especial para mim. Consegui completar, novamente, uma Meia Maratona. Não fazia uma prova dessas desde 2009. Desde que comecei a correr no final de 2007, diria que 2009 foi o meu melhor ano. Aquele em que estava bem treinado e condicionado, onde fiz o maior número de provas, as corridas mais longas e meus melhores tempos.

 

Largada da Meia Maratona Corpore Netshoes 2013

Largada da Meia Maratona Corpore Netshoes 2013

Em 2009 acabei me lesionando (Tendinite do Calcâneo) e mesmo tendo voltado a correr no final de 2009, os anos seguintes não foram muito bons. Treinei pouco, corri pouco e não consegui manter a consistência necessária para fazer provas mais longas. (v. histórico das provas que corri).

Em 2013 comecei o ano praticando exercícios regularmente. Musculação, corrida e spinning pelo menos 5 vezes por semana, as vezes mais. Com o apoio da minha esposa e com a motivação dela para treinar me animei. Com a força dos treinadores da Reebok Sports Club acabei ficando bem motivado para tentar uma prova mais longa nesse ano.

Medalha Meia Maratona Corpore 2013

Medalha Meia Maratona Corpore 2013

Então coloquei a meta de fazer pelo menos uma Meia Maratona em 2013. Peguei uma planilha de treinos do app RunKeeper. Escolhi um treino de 16 semanas para completar uma Meia Maratona em menos que 2h30min. O treino foi montado pelo Jeff Gaudette e se vc usa o app RunKeeper fica bem fácil de usar o treino.

Comecei o treino no final de Jan/13 e terminaria somente no fim de Maio. Juntamente com o treinamento fiz uma dieta pesada pois cheguei no fim de janeiro com 113 Kg e precisava perder pelo menos uns 10 Kg. Fui fazendo o treino, seguindo direitinho as instruções e também a dieta. Hoje, 8 semanas depois estou com 103Kg e consegui fazer a Meia Maratona Corpore com tempo de 2h18m17s.

Meia Corpore 2013 - Percurso

Meia Corpore 2013 – Percurso

Acabei antecipando um pouco a prova porque descobri recentemente que estou com uma pedra na vesícula e vou ter que fazer uma cirurgia para extrair a própria. Farei a cirurgia em maio, então tive que antecipar um pouco meus planos. Depois de fazer os últimos treinos longos de domingo (17 e 16K) percebi que estava terminando em ótimas condições e resolvi me colocar o desafio de fazer os 21K da Corpore hoje. Se não conseguisse tudo bem, mas seria uma tentativa.

Bom, vamos a prova. A previsão do tempo ontem era boa. Prefiro mil vezes correr sem sol e de preferência com uma chuvinha leve. Tudo fica melhor. O calor judia muito, aumentando muito a desidratação. Estava bem preparado e durante a semana reduzi um pouco os treinos de corrida, foquei na musculação, fiz uns 2 treinos de spinning e no sábado descanso total. Na sexta e no sábado mudei bem a alimentação, aumentando os carboidratos. Até comi uma macarronada no almoço de sábado!

Eu na Meia Corpore 2013

Tudo preparado, acordei as 6h e fui para a USP de scooter. Estava bem de tempo, mas os caminhos estavam todos fechados. Acabei me perdendo para achar a entrada da USP pela Corifeu e cheguei na arena as 7h30 em ponto. Corri para a largada, mas deu tempo de tudo. A largada em ondas funcionou muito bem. Nenhum tumulto. Parabéns pela organização, Corpore! Tudo funcionou perfeitamente.

Apesar da afobação do medo de perder a largada, comecei a me acalmar logo nos primeiros metros. Fui checando mentalmente as partes do corpo e estava tudo excelente. Tinha comido uma fruta e um iogurte antes de sair de casa,  barriga tava leva, pernas descansadas, os pés ok, e aerobicamente tudo certinho.

 

Sem tumulto e na maior tranquilidade fui em direção ao Jockey Club, passagem subterrânea e pequena subidinha e a volta na frente do Jockey. Estava tudo tão tranquilo que nem percebi os Km passarem. Qdo vi já estava na ponte da Cidade Universitária no Km 5.

Minha meta era manter um pace média de 7’30″/Km, pois nos treinos longos estava mais lento que isso. Meu melhor tempo em Meia Maratona tinha sido na Meia do Rio em 2009 com 2h17m54s, e não esperava melhorar isso hoje, já que ainda estava na metade do meu plano de treino.

Medalha e Número de Peito

Medalha e Número de Peito – Meia Maratona Corpore 2013

Como sempre, a animação da largada e a turma a sua volta acaba fazendo você correr mais rápido. Quando fechei os 2K percebi que estava correndo a 6’30″/Km. Nesse momento tive um pane no cronômetro e tive que zerar tudo e começar de novo. Mas percebi que estava correndo mais rápido e estava me sentindo bem.

Resolvi seguir assim por mais uns quilômetros e ver se continuava bem. Estava bem determinado a fazer um corrida com final invertido, ou seja, correr a parte final mais rápido que a parte inicial. Meu treino estava todo montado para isso. Sempre é melhor começar mais lento e ir acelerando. Você se desgasta menos.

Nos Km 3 ao 8 mantive uma média de 6’40″/Km. Mas no Km 8 a vontade de um pips ficou complicada. Fiz uma pequena parada “técnica” e perdi uns 45 segundos nessa hora. A chuvinha estava firme, mas bem leve. O clima agradável e fresco. Sinceramente, até os 10K eu estava sobrando. A corrida estava super leve. Terminei a primeira hora de prova com a nítida sensação de que iria conseguir completar facilmente os 21K.

A parte do percurso próximo ao Parque Villa Lobos foi tranquila. Fui pegando um gole de água a cada estação de hidratação. Tinha esquecido de comprar um gel de carbo, então resolvi aproveitar bem o Gatorade lá pelo Km 10. Peguei dois copos, parei um pouco pra beber e segui viagem.

Meia Corpore 2013 - Cronometragem

Cronometragem

A entrada na USP novamente foi lá pelo Km 12. Foi ai que comecei a apertar o passo. Meio sem querer acabei usando um dupla que estava correndo ao meu lado desde lá perto do parque como pacer. Percebi que elas estavam correndo com facilidade e mantinham uma média de ritmo um pouco mais rápido do que era confortável para mim.

Coloquei como desafio chegar na frente delas. No Km 13 apertei o ritmo e comecei a ficar entre 6’10” e 6’20”. Os Km  no retão da raia de remo da USP foram tranquilos, apesar da péssima sensação de passar do lado da chegada e já ver que um monte de gente tinha chegado e já estava relaxando – para mim ainda faltavam mais de 8K – argh!!. Isso é muito ruim.

 

Meia Maratona Corpore 2013 - Telemetria

Frequencia cardiaca, altitude e ritmo

Pior ainda foi ver que tinha que sair da USP e correr toda a Av. Politécnica até o fim e voltar. Essa foi a pior parte. Eu já não estava tão bem. Um leve desconforto na articulação do fêmur direito começou a dar sinais. Os dedos do pé esquerdo que já vinham machucados dos treinos começaram a doer.

Lá pelo Km 17 minha frequência cardíaca já tinha deixado a faixa dos 75% e agora não baixava mais dos 90%, nem com os truques de respiração lenta e suave. Bom, mas agora não dava pra relaxar. Baixei a cabeça e me determinei a não só terminar a prova mas tentar um tempo bom. Dificilmente terei outra chance em breve. O clima estava ótimo, o percurso plano e o treino bem feito. Era a hora. Acelerei. Me distanciei das “pacers” e comecei a ultrapassar bastante gente. Entrei na USP de novo, Km 19 completo. Agora era só mirar a placa dos 20 e fazer um sprintzinho no Km 21 e rasgar a fita! :-)

Meia Corpore - Km 18

Aqui começou a ficar dfícil

Fiz o Km 20 em 6’12” e o Km 21 em 5’44” aumentando bem a velocidade. Cruzei a linha de chegada com 2h18m17s, apenas 23 segundos a mais do que meu recorde pessoal de Meia Maratona. Só fiquei sabendo do tempo oficial em casa, mais tarde. Não importa não ter batido o recorde. Em 2009 fiz essa prova, a X Meia Maratona Corpore com percurso quase igual e levei 2h37m47s, ou seja, melhorei quase 20 minutos esse tempo.

IMG_0037_2

Tempo Líquido: 02:18:17
Classificação Geral: 3116/3522 (88%)
Classificação Faixa: 427/469 (91%)
Classificação Sexo: 2665/2939 (91%)
Ritmo: 06:33 min/km

Cheguei!! Medalha na mão!!

Completei a Meia Corpore 2013 em 2h18m17s

Fiquei muito (mas muito mesmo) feliz em completar essa prova. Foi uma demonstração de que com treino e dedicação dá pra voltar a forma. Senti claramente o efeito de estar mais leve e bem condicionado.

Agora pretendo manter o ritmo e o nível de treino para poder fazer algumas provas mais antes da cirurgia.

Se você participou da prova, veja aqui seu resultado. E não deixe de procurar também pelas suas fotos no sites abaixo.

Saiba mais sobre essa prova visitando o site da Corpore.

Até a próxima corrida, pessoal!

 

Meia de Sampa 2012 10K: Resultado

Amigos Corredores,

Acabo de concluir, com sucesso, mais uma prova. Completei a pouco os 10K da Meia de Sampa 2012, prova que foi realizada nas imediações do Jockey Club de São Paulo. Fiz o percurso em 1h04m45s, tempo ainda não oficial.

Meia de Sampa 2012 Medalha

Meia de Sampa 2012 Medalha

Antes de mais nada gostaria de agradecer a Nextel, principal patrocinador da corrida, e a Riot por terem me convidado para participar dessa corrida e por terem oferecido aos leitores do PodCorrer três inscrições grátis para a corrida. Obrigado, mesmo! Foi muito legal participar.

O único ponto negativo do dia foi que minha fiel companheira e pupila de corridas, minha esposa, não pode me acompanhar nessa prova. Estava tudo organizado para irmos juntos, mas a nossa babá deu o cano e ficamos na mão. Senti muito sua falta, my love. Na próxima estaremos juntos!

Foi difícil sair da cama. Acordei as 5h30 (ainda noite) e cheguei na arena no Jockey lá pelas 6h20. O frio estava forte. A temperatura estava 11C, mas o dia estava lindo para correr. É bem como eu gosto. Frio e sol. Quando sai de casa e peguei minha scooter e olhei para o céu tive a grata surpresa de ver uma belíssima lua minguante em conjunção com Júpiter e Vênus. Estava lindo. Tirei uma foto com meu celular, mas certamente não chega perto da beleza que estava ao vivo.

Meia de Sampa 2012 - Lua Venus e Jupiter

Meia de Sampa 2012 – Lua Venus e Jupiter

Logo que cheguei já encontrei o Alberto e o Thyago. Os dois já foram colaboradores aqui do blog e já treinei com eles muito tempo. Fazia muito tempo que não nos víamos e o papo foi muito bom. O Thyagão foi companheiro de várias corridas relatadas aqui no PodCorrer.

Meia de Sampa 2012 - Thyago, Alberto e eu

Meia de Sampa 2012 – Thyago, Alberto e eu

Minha primeira meta para a prova era completar sem lesões e sem problemas os 10K. Já seria um bom resultado, visto que não fazia uma prova de 10K há 16 meses. Minha última havia sido a Track & Field do Villa Lobos em março de 2011. A meta secundária era saber se meu condicionamento me permitiria fazer abaixo de 1h de prova e se possível o mais perto dos 55min, meu recorde pessoal para essa distância.

Meia de Sampa 2012

Meia de Sampa 2012

Larguei junto com o Thyagão que faria os 10K também. Acertei o pacer para 5’30″/Km para ter a referência do meu recorde e fomos embora. No primeiro Km fizemos em 6’32”, a largada estava bem cheia e estava difícil manter o ritmo. No segundo quilômetro apertei um pouco e fechamos em 5’46”. Já havia saído do Jockey e já estava a caminho do túnel na Av. Lineu de Paula. Continuei apertando o passo, pois agora já havia mais espaço para manter um bom ritmo. Fechamos o Km 3 em 5’13”. Nessa hora já senti que não seria possível manter todo percurso com média de 5’30”. Afinal, tenho treinado distâncias menores de 10K e as últimas provas que fiz foram de 5K. Não tinha certeza de como estaria minha condição aeróbica e estava tendo todo cuidado para não ter uma lesão por ter corrido mais distância e com velocidade maior do que estou treinando.

Meia de Sampa 2012: Cheguei!

Meia de Sampa 2012: Cheguei!

Fizemos o retorno na Av. Afrânio Peixoto e começamos a voltar para o Jockey, com direito a outra passagem pelo túnel, ou seja mais uma descida e uma subidinha. Completamos o Km 4 em 5’46”. Agora estava certo de que não conseguiria manter esse ritmo. Minha frequência cardíaca estava em torno dos 192 bpm e aerobicamente estava cansado. Falei pro Thyagão que ele podia seguir em frente no ritmo dele e que eu teria que diminuir o passo para não quebrar antes dos 10K. Ele se distanciou rapidamente e eu comecei a segurar o ritmo e acompanhar a frequência cardíaca. Levei para uns 185 bpm e tentei manter assim.

A marca dos 5K se aproximava e ai tive um momento dificil. Ainda estava cansado e comecei a cogitar a possibilidade de fazer os 5,5K e não continuar os 10K. Pensei, quem sabe faço um bom tempo de 5K, talvez até um recorde pessoal. Mas criei coragem, pensei que não podia desistir do meu objetivo e peguei a faixa da direita, indicada para o pessoal que faria os 10K. O pessoal dos 5,5K pegou a esquerda e entrou no Jockey.

Meia de Sampa 2012 Arena

Meia de Sampa 2012 Arena

Segui pelo contorno do Jockey e fechei o Km 5 com 6’12”. Desacelerei mais ainda e fechei o Km 6 em 6’46”. No Km 7 entrei no Jockey e depois de algumas voltinhas cheguei na pista auxiliar de areia. Um detalhe bem chato dessa pista é que o piso é bem irregular devido aos buracos feitos pelos cascos dos cavalos que passam por ali. Correr na pista de areia é legal, mais macio. Mas estas irregularidades dão uma sensação bem desagradável.

Caramba, como é longa a pista do Jockey. Esses últimos três quilômetros demoraram para passar. Continuei diminuindo o passo para garantir que chegaria no fim. Terminei o Km 7 em 7’06” e o Km 8 em 7’22”. Nessa altura já estava claro que não conseguiria fazer o percurso em menos de 1 hora. Mas tudo bem, o importante agora era chegar. Finalmente, depois de outros 7’22” a placa do Km 9 chegou e agora já estávamos em direção ao portal de chegada. Agora só faltava um quilômetro. Estava garantido que chegaria. Esbocei uma reação e apertei o passo com o restinho de energia que tinha. Fiz o Km 10 em 6’10” fechando a prova em 1h04m45s. Ufa! Completei. Finalmente estou fazendo 10K de novo. A sensação é fantástica.

Meia de Sampa 2012 - Trofeu

Meia de Sampa 2012 – Trofeu

A organização da prova estava exemplar. Nenhum dos problemas que presenciei no Circuito das Estações no começo do mês. Chegada tranquila, retirada da medalha, lanche e bebidas sem nenhum problema. Muita área para ficar depois, inclusive as arquibancadas do Jockey. Estava tudo muito agradável. Parabéns aos organizadores!

Se você correu a Meia de Sampa 2012  veja o seu resultado no site da corrida e procure suas fotos nos sites abaixo:

Até a próxima.

Vem ai: Meia de Sampa em 15/7 – PodCorrer Oferece Inscrição Grátis

No próximo domingo (15/7/12) ocurre aquí em São Paulo a Meia de Sampa. A corrida apresenta percursos em três distâncias: 5,5K, 10K e 21K oferecendo opções para corredores com diferentes graus de preparação.

A prova tem patrocínio da Nextel e organização da O2 por Minuto. Todos os percursos tem largada em frente ao Jockey Clube de São Paulo. A altimetria deve permitir uma prova rápida, pois a maior parte do percurso é plana e o clima deve estar bem agradável para correr, se não chover.

Para mais detalhes sobre essa corrida visite o site da Meia de Sampa.

A boa notícia é que pela primeira vez o PodCorrer está oferecendo uma inscrição grátis. A Nextel esta promovendo um concurso com alguns blogs e disponibilizou para nós uma inscrição grátis para os leitores do PodCorrer.

Estou bastante tentado a fazer a meia, mas com um pouco de receio pois faz quase três anos que não participo de uma prova com mais de 20K. A última que fiz foi a meia da Maratona do Rio em 2009. E tenho treinado distâncias bem menores nos últimos meses. Mas vamos ver, tenho até quarta-feira para decidir a distância. Se não fizer a de 21K, pelo menos a de 10K vou tentar.

Para ganhar essa inscrição é fácil. Através do seu Facebook faça um post fazendo link para qualquer artigo do PodCorrer e peça para seus amigos curtirem. Depois mande o endereço do seu Facebook para meu e-mail no fortes@podcorrer.com. Aquele que tiver o maior número de “curtir” até as 23:59 da terça-feira 11/07/12 leva a incrição grátis para participar da Meia de Sampa escolhendo qualquer um dos percursos.

Que tal? O PodCorrer vai dar esse presentão para vocês. Depois o ganhador pode também escrever um texto contando como foi a sua participação na Meia de Sampa que será publicado aqui no PodCorrer.

Bom, agora vá correndo para o Facebook e monte o seu post e chame seus amigos para curtir.

 

Meia Maratona Faz um 21 Volta a Niterói Neste Mês

Niterói foi a primeira cidade a receber a Meia Maratona Faz um 21 em 2008. E agora em novembro de 2009, um ano depois, ela é sede de uma nova Meia Maratona Faz um 21, prova organizada pela Maxsports e promovida pela Embratel. O evento acontecerá no dia 29 de novembro, com a largada marcada para 8h21, na Concha Acústica. Os corredores, divididos em duplas, vão percorrer um total de 21 quilômetros – cada participante percorrerá 10,5 quilômetros.  A expectativa é de reunir 600 participantes.

maratona21170509Q

Vencerá a Meia Maratona Faz um 21 a dupla que somar o menor tempo total, durante o percurso. Os integrantes deverão completar 21 quilômetros e sua colocação será o somatório de tempos da dupla. A prova terá a duração máxima de duas horas. A premiação total é de R$ 8.000 (R$ 4.000 para a categoria masculina e R$ 4.000 para a feminina). Os campeões serão premiados com R$ 2.000 (para a primeira dupla), R$ 1.500 (para a segunda melhor dupla) e R$ 500 (para a terceira mais bem colocada). As categorias mistas e melhor idade não têm premiação.

O custo da inscrição é de R$ 21 por dupla e está aberta para homens e mulheres a partir de 18 anos. Na ocasião, é obrigatória a inclusão dos dois participantes para formação da dupla. Na internet, as inscrições para a prova podem ser feitas pelo sitewww.embratel.com.br/fazum21 ou www.ativo.com até 25 de novembro. O ponto de inscrição, na cidade de Niterói, será na Secretaria de Esportes de Niterói, a partir do dia 16 de novembro, de segunda à sexta, das 10h às 18h.  Caso as inscrições através dos sites esgotem antes desta data, não teremos inscrições neste ponto.

Os kits devem ser retirados no dia 28 de novembro, das 10h às 17h, exclusivamente na Secretaria de Esportes de Niterói (ao lado da Concha Acústica), das 10h às 17h. Para a retirada do material, os inscritos devem apresentar a confirmação da inscrição juntamente com documento de identidade e incentivamos a doação de 1 quilo de alimento não perecível.  No dia da corrida, cada participante retirará o seu chip no local da largada da prova, das 6h30min às 7h30min. É obrigatório o uso do chip durante toda a realização da prova, bem como a sua devolução ao final da mesma, sendo passíveis de desclassificação e multa os participantes que não cumprirem esta regra.

marcia narloch

A Meia Maratona Faz um 21 é um projeto de corridas mensais que começou em novembro de 2008, com a etapa de Niterói. Em dezembro foi a vez de Petrópolis receber os participantes, que percorreram o charmoso Centro Histórico da cidade. O evento se consolidou e ganhou força para entrar de vez no calendário esportivo de 2009. Cabo Frio deu a largada, em março, e, no mês seguinte, Campos dos Goytacazes foi palco do principal circuito de corridas do interior do estado. Nomes expressivos como Franck Caldeira, Márcia Narloch e Selma Cândido já prestigiaram o evento. Em Nova Iguaçu, realizada em maio, até o prefeito da cidade, Lindberg Farias, participou. Já em Volta Redonda, destaque para a presença de atletas internacionais – Ednah Mukhwana e Emmanuel Kipkemei Bett -, ambos quenianos.

A organização do evento ainda está avaliando outras cidades do interior do estado que vão receber as etapas até o final do ano. A Meia Maratona Faz um 21 agradou o público não só pela estrutura do evento, mas pelo ineditismo do formato – é o único em que os participantes correm em dupla ao mesmo tempo, em vez de fazerem um revezamento.