Conheça a BOOST Endless Run, a nova prova da adidas

Com o crescimento do mercado de provas de corrida de rua no Brasil os organizadores procuram buscar, cada vez mais, elementos de diferenciação. É o caso da primeira prova proprietária da Adidas em solo brasileiro, a BOOST Endless Run.

Trata-se de um formato inédito no calendário de corridas de rua brasileiro. A nova corrida da Adidas desafiará a performance e a energia infinita dos corredores em três distâncias diferentes no mesmo dia: 10k + 5k + 1k. Um modelo inovador de prova com intervalos entre cada etapa, espaço Adidas para recuperação física dos atletas e acompanhamento técnico com foco na estratégia para cada distância. São Paulo, em 14 de setembro de 2014, e Rio de Janeiro, em 19 de outubro de 2014, receberão o BOOST Endless Run.

Uma das grandes novidades desta prova tripla será o desafio final, BOOST 1k, em que participam apenas os 150 corredores (100 masculino/50 feminino) com menores tempos líquidos acumulados nas duas primeiras distâncias. A largada inicial com distância de 10k terá início às 7h e duração máxima de 1h30. Após intervalo, às 9h haverá o início dos 5k, também para todos os inscritos. O Desafio BOOST 1k para os 150 finalistas terá largada às 10h.

“Esta é a primeira prova proprietária da adidas no Brasil, um país com grande potencial e representatividade no universo de running. Com o BOOST Endless Run, criamos um circuito revolucionário que realmente desafia o corredor a testar sua energia infinita, sua capacidade de performance em diferentes distâncias e que requer ritmo e retorno de energia, principal característica do amortecimento da linha BOOST”, explica Henrique Dias, gerente da categoria de running da adidas no Brasil.

O corredor que apresentar a melhor marca na somatória dos três tempos, tanto no masculino como feminino, será premiado com uma viagem  com acompanhante para participar de uma Maratona Internacional adidas em 2015. O mesmo prêmio será dado para o atleta vencedor do BOOST 1k (masculino e feminino). Todos os atletas inscritos que concluírem os percursos de 10k e 5k receberão medalha e camiseta de finisher adidas.

A cada intervalo entre as distâncias, a adidas proporcionará aos corredores uma nova experiência com acesso exclusivo aos espaços de recuperação física e atendimento técnico para estratégia de prova. Segundo o Dr. Gustavo Magliocca, Médico do Exercício e do Esporte Clube da Care Club, e responsável pela Área de Recuperação da prova, o desafio de dosar a energia para as duas ou três distâncias diferentes (150 melhores colocados) será fundamental para que os competidores atinjam sua melhor performance.

“A capacidade de recuperação física será primordial neste modelo de prova. É muito importante que desde os treinos os corredores levem em consideração esse fator inédito do desafio e procurem se alimentar adequadamente nos intervalos da prova”, afirma Magliocca.

Marcos Paulo Reis, Treinador da MPR Assessoria Esportiva em São Paulo, que prestará apoio técnico para os corredores, entende que a melhor estratégia para este formato de prova será a resistência física. “Antes de estabelecer uma estratégia para a prova, cada corredor precisará avaliar sua especialidade entre as distâncias e a partir disso estabelecer um ritmo coeso para ter o máximo desempenho no desafio como um todo”, explica Marcos Paulo. Para a etapa do Rio, a equipe técnica de suporte aos atletas será a Walter Tuche Assessoria Esportiva.

Para participar do BOOST Endless Run – o Desafio 10k+5k+1k, o corredor poderá fazer sua inscrição no site oficial da prova a partir de 19 de junho. O valor da inscrição será de R$ 150,00. Os inscritos receberão o Kit do Corredor com camiseta e gymbag Adidas, além de camiseta finisher de tecido tecnológico e medalha de participação a todos que completarem as duas primeiras distâncias (10k + 5k).

BOOST Endless Run – etapa São Paulo
Local: Jockey Club
Data: 14 de setembro (início às 7h)
Kit Corredor: Camiseta adidas e gymbag (pré-prova); camiseta de finisher e medalha (pós-prova)
Inscrições: clique aqui
Valor: R$ 150,00

BOOST Endless Run – etapa Rio de Janeiro
Local: Aterro do Flamengo
Data: 19 de outubro (início às 7h)
Kit Corredor: Camiseta adidas e gymbag (pré-prova); camiseta de finisher e medalha (pós-prova)
Inscrições: clique aqui
a partir de 19 de junho
Valor: R$ 150,00

Premiação
Categoria 10k + 5k + 1k – masculino e feminino
• Viagem com acompanhante para uma Maratona Internacional adidas 2015, com direito a inscrição para a prova
• Troféus e produtos adidas para os três primeiros colocados.

Desafio BOOST 1k – masculino e feminino
• Viagem com acompanhante para uma Maratona Internacional adidas 2015, com direito a inscrição para a prova
• Troféus e produtos adidas para os três primeiros colocados.

Fonte: Espalhe MSL Group / adidas – Foto: Diogo Lucato / Divulgação

Track&Field Run Series JK Iguatemi 5K: Resultado

Amigos Corredores, mais uma corrida foi pra conta! Acabamos de terminar os 5 Km da Track&Field Run Series Shopping JK Iguatemi, aqui em São Paulo. Dani e eu concluímos o percurso em 27’43”, um novo recorde pessoal dos 5K para a Dani!! :-)

Medalha Track&Field JK Iguatemi

Medalha Track&Field JK Iguatemi

Esta foi a minha 61ª prova desde que comecei a correr no final de 2007 e a 10ª desse ano (2013). Eu já participei de duas corridas dessa série, mas sempre no Shopping Villa Lobos. Dessa vez foi no Shopping JK Iguatemi.

Dani e eu na T&F JK Iguatemi

Dani e eu na T&F JK Iguatemi

A Track&Field Run Series tem a fama de ser uma corrida bem diferenciada com organização impecável e com poucos corredores para dar mais conforto a quem participa. A organização da prova é da Latin Sports, a mesma do Ayrton Senna Racing Day entre outras.

E não foi diferente. Começou pela entrega do kit do corredor. Fomos na loja Track&Field do Shopping JK Iguatemi na quinta-feira. Estava tranquilo e com um clima bem legal. De cara já ganhamos 15% de desconto em qualquer produto da loja, valendo de quinta a domingo.

Largada

Largada da Track&Field Run Series JK Iguatemi 2013

O kit estava bastante completo e com brindes bem legais: a camiseta é de boa qualidade (essa vou usar), cupom de desconto da loja, jantar no América de cortesia, suplemento de Cromo da Sundown, meia de corrida da T&F, cadarço elástico pro tênis, barrinha e sucrilhos, 3h grátis no valet do shopping, toalhinha super absorvente e garrafa squish.

Hoje, antes da largada, correu tudo bem também. A largada era as 7h. Um bom horário para evitar o calor excessivo. Pra variar chegamos em cima da hora. Foi tudo correndo! Mas a entrada no estacionamento do Shopping foi tranquila, estacionamento era grátis até as 11h,

Dani e eu na T&F JK Iguatemi

Dani e eu na T&F JK Iguatemi

Guarda-volumes e retirada do chip foi sussa. Aqui um dos pontos que podia melhorar. Dava pra usar os chios descartáveis que agilizam ainda mais. Pegamos o chip e fomos rápido pra largada. O portal estava montado na pista expressa da Marginal Pinheiros, o que ficou muito bom. O acesso foi pelo viaduto que estava com trânsito interditado.

Com o limite máximo de 800 pessoas na corrida tudo ficou super tranquilo. Largada sem apertos e empurrões. Fomos para nossa faixa de pace (aproa 5’30”) e menos de 5 minutos depois já estacamos largando.

T&F JK Iguatemi 2013 Cronometragem

T&F JK Iguatemi 2013 Cronometragem

O que nos deu trabalho foram os gadgets. Ficamos meio atrapalhados nos primeiros minutos da corrida. Nada funcionava. Depois nos acertamos. Nossa expectativa era conseguir um tempo bom pra Dani, pois o percurso é totalmente plano, pouca gente correndo e o clima estava agradável. Programei o Garmin para o pace do último recorde da Dani nos 5K da Série Delta Japão, onde ela fez 28’20”, o que dava um pace de 5’45″/Km.

T&F JK Iguatemi 2013 Percurso

T&F JK Iguatemi 2013 Percurso

Logo que terminamos o primeiro KM já percebi que conseguiríamos um recorde porque terminamos em 5’39” e com isso já estávamos mais rápidos que o nosso pace alvo. Fizemos o Km 2 em 5’33”, depois a meia-volta próximo a ponte estaiada e já começamos o retorno. O Km 3 fechamos em 5’32 e já tínhamos mais de 30 segundos mais rápidos que a meta.

Dani na T&F Run Series JK Iguatemi 2013

Dani na T&F Run Series JK Iguatemi 2013

No Km 4 seguramos um pouco pois a Dani me falou que estava forte o ritmo e era melhor não acelerar, e no último Km a vista da chegada sempre anima e fechamos em 5’16”, totalizando 27’43”, ou seja, 37 segundos a menos do que o recorde anterior da Dani.

T&F Run Series JK Iguatemi 2013

T&F Run Series JK Iguatemi 2013

Ficamos super felizes com o resultado e deu tudo certinho. Não ficamos cansados demais. Logo depois assistimos o glorioso Adriano Bastos ganhando mais uma provinha de 10K em 33 minutos, um passeio para ele. Aproveitei e consegui uma foto com o Super Campeão da Maratona da Disney.

Adriano Bastos e eu na T&F Run Series JK Iguatemi 2013

Adriano Bastos e eu na T&F Run Series JK Iguatemi 2013

Depois voltamos pro Shopping. No terraço montaram o lounge da premiação. Ficou bem legal, rolando um som com DJ e dava pra ficar na boa nos sofás do terraço. Assistimos a premiação, retiramos nossa camiseta de finisher e fomos embora.

Nossos resultados ficaram assim:

Dani
Tempo Líquido: 27:43

Número de Peito: 1219
Classificação Geral: 59/342
Classificação Faixa: 5/30
Ritmo: 05:32 min/km

Eu
Tempo Líquido: 27:43

Número de Peito: 1220
Classificação Geral: 60/342
Classificação Faixa: 2/12
Ritmo: 05:32 min/km

O legal é que como são poucos corredores a gente consegue uma classificação boa! :-) Fiquei em segundo na minha categoria de tiozinho. kkkk

Lounge na Chegada da T&F Run Series JK Iguatemi 2013

Lounge na Chegada da T&F Run Series JK Iguatemi 2013

Se estiver procurando suas fotos veja também estes sites :

Se você está procurando uma corrida para participar, não deixe de conferir o Calendário 2013 de Corridas de Rua de São Paulo aqui no PodCorrer.
Semana que vem tem mais. Estaremos na Série Delta Etapa Rússia, nos 5K de novo. Até lá.

Track & Field Run Series Shopping VillaLobos São Paulo: Resultado

Amigos corredores,

Participei hoje da 1ª etapa da Track & Field Run Series São Paulo no Shopping Villa-Lobos. Consegui concluir a corrida de 10 Km nas redondezas do Shopping Villa-Lobos, passando pela Av. Jaguaré. Conclui a prova sem maiores problemas, em ritmo lento, usando a corrida como treino.

track-field-2011-etapa1-medalha

Medalha da Track&Fields Run Series 2011

Cheguei um pouco atrasado no local. A largada seria um pouco mais cedo que o normal. Estava programada para as 7h30. Em geral as provas de 10K em SP começam as 8h00. Inclusive um dos meus amigos que participou da corrida achou que era as 8h00 e começou a prova bem atrasado.

track-field-2011-etapa1-1

Um detalhe importante pra quem vai correr as próximas etapas: chegue cedo. Uma das vantagens dessa corrida é poder estacionar dentro do shopping. Entretanto, como a largada é na frente do shopping, o acesso ao estacionamento é fechado as 7h00.

Tudo correu com tranquilidade. A retirado do kit foi fácil e no dia da prova não houve tumulto. O número de participantes é bem menor (limitado a 2500 participantes) que a média das provas de 10K, o que dá mais conforto aos corredores. Visitei os stands, fiz um rápido alongamento e fui pra largada.

track-field-2011-etapa1

Praticamente não consegui treinar nas últimas duas semanas. Assim, usei a corrida como treino e fui bem devagar, evoluindo lentamente para não forçar a barra nem correr risco de lesões.

O percurso é muito bom pois é bem plano e arborizado. O calor estava forte, creio que por volta dos 30ºC. Os postos de hidratação estavam bem organizados e bem distribuídos.

track-field-2011-etapa1

Largada da Track&Field Run Series 2011

No Km 8 comecei a sentir que uma bolha estava se formando no pé esquerdo, próximo ao arco. Estava usando o meu tênis Saucony. Já usei várias vezes em corridas e nunca deu bolhas. Doeu um pouco nos últimos 2K mas fui em frente.

Track&Field Run Series Shopping Villalobos 2011 Percurso

Track&Field Run Series Shopping Villalobos 2011 Percurso

Por algum motivo que ainda não entendi, não estou conseguindo transferir os dados do meu Garmin Forerunner 405 pro computador então estou sem os gráficos que sempre mostro aqui nos posts sobre minhas provas.

Terminei a corrida com 1h09m49s e com os seguintes tempos parciais:

Km 1: 6’44” / Km 2: 6’39” / Km 3: 6’42” / Km 4: 7’05” / Km 5: 6’46” / Km 6: 7’08” / Km 7: 7’11” / Km 8: 7’32″/ Km 9: 7’04” / Km 10: 7’11”

O tempo foi bem mais alto (mais de 10 minutos) do que a última vez que fiz essa corrida, em 2009, mas realmente fiz bem devagar para evitar exageros. Foi um treino relax usando meu ritmo de meia-maratona…

track-field-2011-etapa1-logo

Outra vantagem desta corrida: recebi o meu tempo via SMS logo depois de concluir a prova. Muito bom.

Embora tenha algumas vantagens e diferenciadores, ainda assim, acho o preço dessa corrida muito alto. Seria interessante os organizadores adicionarem mais algumas características diferenciadoras para poder fazer jus ao alto custo (R$ 110,00).

Se você participou da corrida e está procurando suas fotos  acesse um dos sites abaixo:

  • www.webrun.com.br
  • www.sportclick.com.br
  • www.runnersp.com.br
  • www.midiasport.com.br
  • www.ativo.com
  • As próximas etapas do circuito Track&Field Run Series Shopping Villalobos 2011 ocorrerão em 26 de junho e 6 de novembro.

    Para conhecer mais sobre o Circuito Track&Field Run Series visite o site: http://www.trackandfield.com.br/run/

    Corridas de Rua em Agosto de 2009 em São Paulo, Porto Alegre, Belo Horizonte e Rio de Janeiro

    Amigos Corredores,

    Agosto já está quase chegando. É preciso correr para fazer as inscrições das provas. Com a crescente procura pelas corridas, cada vez está mais difícil de conseguir vagas. Escolham as suas corridas.

    Teremos uma boa variedade de corridas para participar. Somando todas as quatro capitais que estamos acompanhando aqui no PodCorrer.com, serão 15 corridas no mês de Agosto de 2009. Aproveite.

    Confiram abaixo a lista de corridas de rua que ocorrerão em Agosto de 2009 nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Belo Horizonte. Os links levam para os sites oficiais das provas, onde vocês podem se inscrever.

    Como sempre, se souberem de alguma corrida que não foi citada aqui, mandem e-mail para mim no fortes@podcorrer.com ou deixe um comentário no post.

    Escolha a sua corrida, concentre-se nos treinos e boa sorte!

    Pretendo participar de duas corridas em São Paulo. Veja quais na lista das minhas próximas corridas.

    Veja aqui o Calendário Completo de Corridas de Rua em 2009.

    Corridas em São Paulo – Agosto de 2009
    02/08 – Corrida de Rua Casa Verde – 5 Km
    02/08 – Mizuno 10 Milhas – 16 Km
    09/08 – 13ª Corrida do Centro Histórico – 9 Km
    09/08 – Corrida e Caminhada Contra o Câncer – 5 Km
    09/08 – Corrida de Rua Ermelino Matarazzo – 5 Km
    16/08 – Corrida do Carteiro SP – 10 Km
    16/08 – Corrida de Rua Parelheiros – 5 Km
    23/08 – Troféu Duque de Caxias – 4,3 e 10 Km
    23/08 – Corrida de Rua Guaianazes – 5 Km
    30/08 – Corporate Run – 5 e 10 Km
    30/08 – 4ª Corrida Juventus Viva a Moóca – 10 Km
    30/08 – Corrida de Rua Freguesia do Ó – 5 Km

    Corridas no Rio de Janeiro – Agosto de 2009
    08/08 – Fila Night Run – 10 Km

    Corridas em Belo Horizonte – Agosto de 2009
    02/08 – Circuito de Corridas da Caixa – 5 e 10 Km
    08/08 – Corrida do Carteiro – 10 Km
    29/08 – Fila Night Run – 5 e 10 Km

    Corridas em Porto Alegre – Agosto de 2009
    23/08 – Circuito das Estações / Primavera Adidas 10K – 5 e 10 Km

    Saiba Tudo Sobre a Nike 600K – Corrida SP/RJ

    A Nike anunciou hoje que promoverá a maior corrida de revezamento das Américas, a Corrida Nike SP/RJ, O Desafio do 600K. A prova será realizada nos dias 23, 24 e 25 de Outubro de 2009. Entenda melhor como será essa corrida inovadora e audaciosa lançada pela Nike.

    O lançamento de hoje põe fim a um longo mistério sobre quando e como seria a corrida da Nike desse ano. Os caras capricharam! O desafio é de dar água na boca. Muita gente vai alucinar para participar desse evento.

    Veja o vídeo de lançamento:

    Largada:
    Ocorrerá no dia 22 de outubro de 2009 no Obelisco do Parque Ibirapuera em São Paulo/SP

    Chegada:
    Será na Praia de Ipanema, no Rio de Janeiro/RJ no dia 25 de outubro de 2009.

    Participantes:
    Limitados a 20 equipes mistas com 12 corredores cada, sendo 10 titulares (no mínimo com 3 mulheres) e 2 reservas (um pra cada sexo). As equipes serão selecionadas através de assessorias esportivas recrutadas pela Nike. Serão 8 equipes de SP, 4 do RJ, e 4 regionais: Porto Alegre, Brasília, Belo Horizonte e Curitiba. Uma das equipes será composta por vencedores de desafios do Nike+. As outras 3 equipes serão especiais designadas pela Nike.

    Critérios de Seleção / Inscrições:
    Ainda temos poucos detalhes, mas já sabemos que somente serão aceitos corredores amadores. Para se candidatar será exigida uma qualificação mínima. Todos corredores deverão estar habilitados a correr com pace (ritmo) mínimo de 5 minutos por Km. Para homens serão aceitos apenas corredores que façam os 10K em menos de 45 minutos. A avaliação será feita pelas assessorias esportivas. Aguardem mais detalhes sobre os critérios.

    Percurso e Altimetria:
    É a grande atração do evento. O percurso de 600Km sai de SP e vai para o Rio descendo a Serra do Mar, passando por asfalto, terra, mata. O percurso é inovador e inclui as belas paisagens da rodovia Rio-Santos e dos litorais paulista e fluminense até a linha de chegada, na praia de Ipanema. A cada noite, os participantes serão acomodados nos três pontos de parada do roteiro, conhecidos como Nike Villages. Confira o percurso aqui e baixe a imagem em alta resolução com a altimetria. Uau! Descida de 800 m em 40 Km!!


    Revezamento:
    Em cada dia de prova as equipes correrão durante 17 horas, no máximo. Cada corredor percorrerá percursos de 7 Km a cada revezamento. Cada corredor será acionado três vezes por dia, ou seja, percorrendo aproximadamente 21 Km. É uma meia maratona por dia! Cada time percorrerá por dia aproximadamente 200 Km.  Para finalizar, no quarto dia, após a chegada na Barra da Tijuca no Rio, os corredores participarão de um sprint final de 10K, só pra fechar com chave de ouro!

    Infra:
    A Nike proporcionará a maior estrutura de apoio já utilizada em corridas no Brasil. Cada equipe receberá toda a infraestrutura necessária de apoio: carro, van, moto, etc. Cada corredore recebera todos os materias esportivos necessário para o desafio. (show!!). Além disso, nas Nike Villages os corredores receberão tudo que precisam para um descanso restaurador, com alimentação saudável, médicos, fisioterapeutas, etc.

    Tecnologia:
    Serão usados os produtos da linha Running Performance da Nike, além de monitoramento via o sistema Nike+. Todos atletas serão monitorados em tempo real pelos dispositivos Nike+ nos tênis.

    Corrida com Consciência Social:
    Além de desafiar os limites humanos, a Corrida SP – RJ, Desafio dos 600K também se solidariza com uma causa social ligada ao esporte. Em parceria com a Rede Esporte pela Mudança Social, um programa da Organização das Nações Unidas (ONU), cada um dos 600 quilômetros do percurso será vendido para arrecadar fundos para os projetos que usam a atividade esportiva como combate à pobreza e à desigualdade.

    Para mais informações sobre a prova, acesse nikecorre.com.br ou nikeplus.com.

    Meia Maratona do Rio 2009: Resultado

    “O percurso mais lindo do mundo”. Esse é um dos atributos da Maratona do Rio citados nas peças de marketing da corrida. Devo dizer que não é exagero, não. Tenho certeza que essa foi a corrida com o percurso mais bonito e agradável de todas as corridas que já participei. Correr ao lado do mar por quase todo o percurso e estar cercado de toda beleza natural da Cidade Maravilhosa foi uma experiência incrível. Estou muito feliz de ter participado da Meia Maratona do Rio de Janeiro. Vou voltar nos próximos anos. Com certeza!

    Meia Maratona do Rio - Medalha

    Meia Maratona do Rio - Medalha

    Amigos corredores, como puderam acompanhar no Twitter do PodCorrer.com participei com sucesso da Meia Maratona do Rio, prova realizada simultaneamente com a Maratona Internacional do Rio de Janeiro, uma das 6 maratonas oficiais do Brasil. A prova foi um sucesso para mim pois obtive o meu melhor tempo em meias maratonas (2h17m54s). Foi um recorde pessoal que me deixou muito empolgado, pois diminui quase 7 minutos do meu melhor tempo. Deu tudo certo nessa corrida. Fechou com chave de ouro o mês de Junho que foi especial para mim, pois participei de 5 corridas:

    Tá bom, eu sei. Foi exagero, mas fiquei empolgado com algumas provas que queria participar e queria intensificar um pouco os treinos. E deu resultado, pois das cinco corridas obtive recordes pessoais em 4 delas! Outra coisa legal é que as provas tiveram perfis bem diferentes, de curtas (6K) até meia (21K).

    Voltando a meia do Rio, a “maratona” começou com a saída de São Paulo na sexta. Resolvi ir de carro e levei a família para a torcida. :-) Ficamos hospedados num hotel exatamente em frente a largada da Meia. Por sinal, sugiro aos corredores. A diária é razoável nessa época do ano e no dia da corrida é só descer e você tá na boca da largada. Trata-se do Tropical Barra Hotel, ali na Praia do Pepê.

    Meia Maratona do Rio - Percurso

    Meia Maratona do Rio - Percurso

    A largada ocorreu sem problemas as 7h30, conforme programado. O clima estava ótimo para correr. Na noite anterior choveu, mas amanheceu sem chuva com céu nublado. Meu maior receio era que saísse um sol forte. Mas até nisso essa corrida foi boa. A temperatura na largada era por volta dos 20ºC. Não tive informação sobre a umidade, mas obviamente era bem alta pela proximidade ao mar.

    Gostaria de destacar a organização da corrida. Ainda não sei qual a empresa que foi responsável, mas deixo aqui os meus parabéns. Tudo funcionou muito bem. Considerando a proporção desse evento, com mais de 15.000 inscritos, a chance de dar algo errado é muito grande. Creio que houve um esforço muito grande para acentuar a internacionalização dessa corrida e mostrar que o Rio sabe organizar eventos esportivos de nível internacional. O objetivo é fortalecer a candidatura do Rio como sede das Olimpíadas de 2016. A propósito, passe no site deles e dê seu apoio. Assim poderemos ter o prazer de assistir uma Maratona Olímpica em nosso país, sem dúvida o evento máximo das corridas de longa distância.

    Meia Maratona do Rio - Altimetria

    Meia Maratona do Rio - Altimetria

    Ainda sobre a qualidade da organização destaco o cuidado com o kit, a feira de entrega do kit (a Wellness 2009 ocorreu simultaneamente a entrega – faltou só mais divulgação da feira no site), hidratação bem planejada com distribuição de isotônicos e também de gel de carboidratos, música em vários pontos e até alguns detalhes que só vi em corridas estrangeiras: demarcação do caminho mínimo (aquela linha azul no asfalto), voluntários recebendo você na chegada e entregando a medalha pessoalmente, torcida ao longo do percurso e o tratamento diferenciado para as três provas dentro da maratona (family run, meia e maratona completa), cada uma com sua identidade visual, medalhas específicas, percursos separados e camisetas identificadas. Em resumo, muito capricho e muita dedicação na organização dessa corrida que além de tudo isso tem o percurso fabuloso pela orla da Cidade Maravilhosa. Não preciso dizer que virei fã! Em 2010 estarei lá!

    Bom, minhas metas para a Meia Maratona do Rio eram: completar a corrida e manter um ritmo médio inferior a 7 minutos/km. Não pensava forçar muito. A idéia era correr leve e apreciar a paisagem. Temia estar cansado, ou ser pego pelo sol forte e calor típicos do Rio de Janeiro. Então fui com a expectativa baixa. Completar a corrida sem lesões ou esforços exagerados já seria uma vitória.

    Meia Maratona do Rio - Ritmo

    Meia Maratona do Rio - Ritmo

    A largada foi tranquila e no Km 1 já estávamos numa pequena subida do viaduto que leva ao Túnel do Joá. Aqui um comentário. Não é legal correr em túneis. O ar é denso e pesado. O calor é forte. A sensação é claustrofóbica, apesar de eu não ter problemas com lugares fechados.

    Logo que saímos do túnel já deu pra sentir a grandiosidade da vista. Ao passar pela Via Elevada das Bandeiras a gente sentia que estava praticamente dentro do mar. As ondas forets batendo nas pedras e aquele marzão faziam você esquecer que estava fazendo um esforço físico. Muito legal. Ali pensei: “Essa é uma corrida que vou fazer mais vezes. Valeu a pena ter vindo”.

    Meia Maratona do Rio - Frequência

    Meia Maratona do Rio - Frequência

    Ja comentei aqui no blog, sempre quando corro fico observando os sinais do corpo. Se percebo algo errado vou tentando corrigir: respiração errada, ritmo errado, dores, cansaço, etc. Nessas horas você tem que ouvir o seu corpo. Já em São Conrado, lá pelo Km 5 comecei a sentir uma falta de energia esquisita. Comecei a pensar fortemente que teria que desistir pois estava desagradável correr. Algo estava errado. Conclui que estava sem “combustível”. Saquei um gel de carboidrato do bolso, e mandei pra dentro. Tomei uns 100 ml de isotônico que carregada comigo também. Uns 10 minutos depois o cenário mudou muito. Já me sentia muito bem. Acho que acertei no diagnóstico. Dali pra frente me senti ótimo na corrida. Fui me hidratando, e consumindo mais dois carbos.

    Dei uma conferida no cronômetro e vi que meus primeiros quilômetros estavam mais rápidos do que planejara. O ritmo médio dos primeiros 6 Km estava em 6’31″/Km. Bem abaixo do meu ritmo normal de meia maratona. E não estava forçando, não. Ai percebi que a corrida seria tranquila. Pensei novamente que a diferença de elevação do Rio para São Paulo estava me ajudando. Foi a mesma sensação que tive em Buenos Aires, duas semanas atrás.

    Meia Maratona do Rio - Cronometragem

    Meia Maratona do Rio - Cronometragem

    Resolvi administrar um pouco a velocidade e não me animar demais. Afinal, ainda faltavam 14 Km. Fiz um quilômetro mais lento (o 7 foi o único acima de 7’/km) e depois voltei em torno dos 6’30″/Km. Fui me distraindo com o percurso e aproveitando a vista. Ai passou São Conrado, pegamos a Av. Niemeyer, entramos no Leblon, depois Ipanema, cortamos pra Copacabana e finalmente chegamos na Av. Princesa Isabel. Acabara a vista pro mar. Mas agora já estávamos no Km 16. Era só concentrar mais um pouco e a chegada estava logo ali. O sol apareceu. O calor subiu. Mas ainda estava bem.

    Quando avistei a placa do Km 18 percebi que teria energia suficiente pra acabar sem nenhum problema. Resolvi apertar o ritmo. Fiquei surpreso em ver como estava inteiro ainda. Fiz os últimos 4 Km nos seguintes ritmos: 6’21”, 6’05”, 6’19” e um sprint em 5’26” no Km 21.

    Largada da Meia Maratona do Rio 2009

    Largada da Meia Maratona do Rio 2009

    Cruzei a chegada com 2h17m54s estabelecendo o meu melhor tempo em meia maratona. Essa foi a minha quinta corrida com percurso superior a 20 Km e minha terceira meia maratona. Fiquei muito satisfeito com o tempo e com a certeza que poderia até ter feito um tempo melhor se tivesse forçado mais. Tinha folga para isso, mas como não sabia o que viria pela frente, agi com precaução.

    Outra conclusão: a Maratona do Rio é um ótimo percurso para se considerar na hora de escolher a minha primeira maratona. Quem sabe ano que vem já estarei preparado para rodar os 42Km do Rio.

    Minha classificação ficou assim:

    Tempo Líquido: 02:17:54
    Classificação Geral: 2690/3298 (81%)
    Classificação Faixa: 478
    Ritmo: 06:32 min/km

    A dispersão após a chegada estava um pouco tumultuada. Esse é um dos pontos que a organização poderia trabalhar melhor no próximo ano. Creio que o espaço estava pequeno demais.

    Depois de pegar minha medalha e meu lanche, fui para a linha de chegada esperar os vencedores da maratona. Deu tempo certinho. Vi a chegada da Marizete Resende (2h42m46s) e depois do estreante na Maratona do Rio, o Marco Antonio Pereira (2h17m10s), fechando a dobradinha brasileira, derrotando os quenianos. Deu Brasil na cabeça.

    O pódim ficou assim:

    MARATONA:
    Masculino (1868 concluíntes):
    1. Marcos Antonio Pereira (2:17:10)
    2. Willy Kongogo Kimutai (2:17:22)
    3. Marcos Alexandre Elizalde (2:18:25)
    4. Cheruiyot Robert Kiprotich (2:19:09)
    5. Adriano Bastos (2:20:15)

    Feminino:
    1. Marizete Rezende (2:42:46)
    2. Idailda dos Santos (2:45:15)
    3. Conceição Maria Carvalho (2:47:01)
    4. Marluce Queiroz Ferreira (2:47:59)
    5. Elizabeth Esteves de Souza (2:52:14)

    MEIA-MARATONA
    Masculino:
    1. William Gomes (1:05:54)
    2. Emmanuel Ibett (1:05:57)
    3. José Paul Ávila (1:06:46)
    4. José Cicero Eloy (1:06:57)
    5.Edmilson Santana (1:07:04)

    Feminino:
    1. Edileuza Guimarães (1:16:31)
    2. Marcia Narloch (1:16:41)
    3. Ednah Mukhwana (1:19:21)
    4. Gisele Barros (1:20:44)
    5. Maria Jesus Lima (1:24:43)

    FAMILY RUN
    Masculino:
    1. Marcio Souza (17:39)
    2. Lourival Libano (17:48)
    3. Sandro Melo Souza (18:16)
    4. Amauri José dos Santos Junior (18:29)
    5. Marcos Antonio Quintanilha (18:40)

    Feminino:
    1- Maria Aparecida Angelo – 22min57
    2- Maria das Graças Moreira – 23min44
    3- Andrressa de Mesquita – 24min01
    4- Jessica Mello Kalbermatter – 25min12
    5- Ana Paula de Souza – 26min32


    Se você participou do evento e quer encontrar as suas fotos, eu vi essas empresas documentando o evento:

  • www.sportclick.com.br
  • www.midiasport.com.br
  • www.webrun.com.br
  • Minha próxima corrida é no domingo 5/julho/09 na 14ª Corrida Corpore Bombeiros 10K, onde pretendo diminuir o meu tempo do ano passado. O percurso é bem desafiador devido a subida da Av. Nazaré. Vamos ver. Até lá, amigos!

    Reebok 10Km 2009: Resultado

    Amigos Corredores,

    Este fim de semana prometia ser interessante e foi! Eu queria muito participar da corrida Reebok 10Km, que seria realizada no dia 20/junho/09. Gosto de corridas noturnas mas são raras. Além disso, o pessoal comentava que o clima de balada seria muito bom.

    Medalha Reebok 10Km 2009

    Medalha Reebok 10Km 2009

    Pouco tempo depois de me inscrever, a Corpore divulgou a programação da corrida Hebraica Macabi, uma prova de 6 Km que teria a sua terceira edição e seria realizada em 21/junho/09. Bem na manhã seguinte da Reebok 10k. Lembro que essa foi uma das primeiras corridas que fiz quando comecei a correr no ano passado e havia gostado. Gosto dessa distância. Com percurso de 6 Km dá pra você manter um ritmo alto durante toda a corrida.

    Não deu outra. Resolvi arriscar e pela primeira vez tentar completar duas corridas no mesmo final de semana. Na verdade com menos de 12 horas entre uma e outra. O legal é que consegui completar com sucesso ambas as corridas. Neste post conto como foi a Reebok 10Km e no próximo falo da Hebraica.

    Reebok 10Km 2009 - Percurso

    Reebok 10Km 2009 - Percurso

    A Reebok 10Km começou impressionando muito bem desde os kits. A retirada foi tranquila e os brindes no kit foram bem legais, justificando a inscrição mais cara. A camiseta é de primeira e certamente não vou me desfazer dela. Veio, também, um squeeze legal de 500 ml, um boné bem legal da Reebok. Por fim, a bolsa onde veio o kit é a melhor que já vi em todas corridas que já fiz. Vou usar bastante. Senti falta apenas de algum folheto falando da prova, com instruções de como chegar e sobre a retirada do chip. Item que me deixou  na dúvida se haviam esquecido de me dar na retirada ou se seria retirado no dia da corrida. Não encontrei nenhuma informação no site. O site, por sinal, estava muito bem montado visualmente, mas precisava de mais informações. Por exemplo, não havia a altimetria e até agora não foram publicados os resultados.

    Reebok 10Km 2009 - Altimetria/Frequencia

    Reebok 10Km 2009 - Altimetria/Ritmo

    No dia do evento tudo correu direitinho. O limite de 3000 participantes fez com que o acesso fosse mais fácil e tranquilo. A Cidade Universitária da USP abrigou bem o evento, sem tumultos. Fiquei bem impressionado com a estrutura da arena. Grande área coberta com os standes, havia recreação para quem levou as crianças, DJ com música bacana e o clima estava ótimo para correr. O friozinho era modesto. Estava por volta de uns 17ºC.

    Reebok 10Km 2009 - Cronometragem

    Reebok 10Km 2009 - Cronometragem

    Tentei mais uma vez levar a família. A última tentativa tinha sido um fracasso. Foi na Fila Night Run em maio, quando caiu a maior chuva. Dessa vez deu tudo certo. A patroa foi, gostou e tirou um monte de fotos. Vejam o Flickr do PodCorrer.com e procurem suas fotos. Levamos nossa filhinha de 6 meses, que dormiu durante toda a corrida. Foi muito legal ter as meninas me apoiando na corrida. Apareçam mais vezes, meninas! :-)

    Reebok 10Km 2009 - Minhas meninas

    Reebok 10Km 2009 - Minhas meninas

    A corrida foi muito boa. Não estava hiper lotada, então deu pra aproveitar bem. Durante o percurso tivemos algumas novidades com um túnel inflável com 15 m com som e luz, pórtico com 4 pessoas suspensas (esse foi o mais esquisito) e o corredor do calor humano, 20 pessoas de cada lado com cornetas e apitos dando força aos corredores. Foi legal. Os postos de hidratação estavam bem distribuídos e a dispersão após a chegada funcionou bem. Faltou uma frutinha no kit de chegada e também achei a medalha muito sem graça. Poderiam ter feito com um design e material mais bacana.

    Reebok 10Km 2009 - Chegada do vencedor

    Reebok 10Km 2009 - Chegada do vencedor

    Completei o percurso em 57’42” (tempo da minha cronometragem. Ainda não saiu o resultado oficial). Tinha a expectativa de buscar mais um recorde pessoal nos 10K e fechar abaixo dos 56 minutos, mas a falta de treino durante a semana e a danada da feijoada não ajudaram. Outro ponto que atrapalhou foi que este percurso incluiu alguns subidas dentro da USP (na R. Almeida Prado e do Matão). Comecei um pouco forte demais, fechando o Km 1 com 5’26”. Do 2 ao 5 fui com ritmo de 5’40”, mas ai veio a subida e rodei 2 Km próximo aos 6 minutos. A essa altura já tinha perdido a esperança de um PR e forcei o último Km fechando em 5’27”.

    Reebok 10Km 2009 - Fortes e Adriano

    Reebok 10Km 2009 - Fortes e Adriano

    Em termos de preparação, fiz tudo errado nessa semana que passou. Desde a volta de Buenos Aires não fiz nenhum treino. Tive uma semana complicada no trabalho. E pra completar comi uma feijoada no almoço do sábado. Essa não faço mais. Paguei o preço dessa bobagem durante a corrida. Senti muito desconformo no estômago e intestino durante a prova.

    A corrida dos 10Km foi vencida pelo Adriano Bastos com tempo de 31’35”. O campeão é figurinha carimbada nessas provas em São Paulo e quase sempre que participa não dá outra, vai pro topo do pódio. A minha esposa conseguiu uma foto bem no momento da chegada dele e depois aproveitei para tirar uma foto ao lado do campeão quando saiu do pódio.

    Depois de assistir à premiação voltamos correndo para casa, tinha que descansar para a corrida do outro dia.

    Se você correu a Reebok 10Km não deixe de conferir as fotos no Flickr do PodCorrer.com, no Flickr Oficial do evento e nos sites abaixo:

  • www.webrun.com.br
  • www.sportclick.com.br
  • www.runnersp.com.br
  • www.ativo.com
  • www.midiasport.com.br
  • Até a próxima!