Nova Corrida: ASICS W21K – A Primeira Meia-Maratona Feminina da América Latina

Atenção meninas! A Asics tem uma grande novidade para as corredoras brasileiras. Pela primeira vez no Brasil uma prova de 21Km 100% dedicada para o público feminino.

De olho no número cada vez maior de mulheres que praticam corrida, a ASICS, marca referência em running no país, patrocina a primeira prova de 21k exclusivamente feminina do mercado brasileiro, a W21K ASICS. A primeira meia-maratona feminina, acontecerá em São Paulo no dia 7 de setembro, e reflete o crescimento das mulheres nas corridas de longa distância. No Brasil, o número de corredoras cresceu 39% em 2013 e nos Estados Unidos as mulheres já representam cerca de 61% do público que conclui meias-maratonas.

asics w21k logo
“Identificamos o crescimento da participação das mulheres nas etapas de longa distância e no consumo de produtos e decidimos apoiar a primeira meia-maratona exclusivamente feminina do país para proporcionar uma experiência única as corredoras. A prova terá tudo o que público feminino procura para fazer 21k, infraestrutura e atenção nos detalhes”, afirma Giovani Decker, presidente da ASICS Brasil.”

As inscrições para a W21K ASICS estão abertas a partir de hoje 16/06 (segunda – feira) e poderão ser efetuadas pelo site www.w21kasics.com.br, com valores de R$ 79,00 – De 16 à 26/06 (R$ 69,00 para assinantes suacorrida.com.br), R$ 89,00 – De 27/06 à 31/07 (R$ 79,00 para assinantes suacorrida.com.br) e R$ 99,00 – De 01/08 até o sold out (R$ 89,00 para assinantes suacorrida.com.br).

Limitada para 2 mil corredoras a W21k ASICS, que será realizada pela Iguana Sports, terá largada às 7h da manhã na USP e chegada no mesmo local. As competidoras terão toda a infra-estrutura necessária para garantir muita performance ao longo dos 21k: água a cada 2 km, isotônico a cada 4 km e estrutura médica.

Para participar da W21K ASICS, as corredoras deverão retirar seu kit, composto por: camiseta, viseira e sacola exclusiva, na Flagship Store ASICS, localizada na Rua Oscar Freire, 1082 – de 5ª.feira a sábado, das 10h às 20h.

W21K ASICS
Data: 7 de setembro
Horário: 7h
Local: Cidade Universitária da USP (São Paulo – SP)

ASICS
SAC: (11) 0800 077 7776
Site: www.asics.com.br

Siga a ASICS nas mídias sociais:
Facebook: http://www.facebook.com/ASICS
Youtube: http://www.youtube.com/asics
Twitter: http://twitter.com/asicsbrasil
Instagram: @asicsbrasil
Flickr: www.flickr.com/photos/asicsblog
Pinterest: http://pinterest.com/asicsbrasil/

Circuito das Estações 2014 – Etapa Inverno 5K: Resultado

Amigos Corredores, mais uma prova realizada! Dessa vez foi a Etapa Inverno do Circuito das Estações 2014 no percurso de 5K.

Circuito Estações Inverno 2014 Medalha

Circuito Estações Inverno 2014 Medalha

Quase que não consegui participar da corrida porque deixei para pegar o kit no sábado e pensei que era até as 20h, mas fechava as 18hs. Cheguei 10 minutos depois de fechar mas ainda me atenderam. Ainda bem!

Cheguei as 7h00 no Pacaembu e logo começou a garoar. A temperatura estava em 16C. Até gosto de correr com chuva, mas com essa temperatura seria bem desagradável. Por sorte, logo depois da largada a chuva parou.

Dessa vez minha fiel companheira de corridas não pode ir junto. Então resolvi tentar um tempo bom no percurso. Meu melhor tempo nesse 5K foi 25’31” na Etapa Verão de 2013.  Meu objetivo era tentar 25 minutos ou menos. Audacioso!

IMG_4143

O fato de termos três corridas no mesmo dia em São Paulo ajudou a termos um menor numero de corredores nessa prova. A largada foi um pouco menos tumultuada, embora a pista bem estreita nos primeiros 400m tenha atrapalhado bastante. Não deu pra correr em velocidade normal.

Circuito Estações Inverno 2014 Percurso

Com isso fiz o Km1 em 5’29” bem mais lento do que precisava. Corri um pouco pela calçada e depois a pista liberou um pouco. Consegui fechar o Km2 com 5’10”. Bem melhor mas ainda acima.

Circuito Estações Inverno 2014 BPM

 

O terceiro Km tem a subida que vai até o elevado. Sempre me atrasava bastante na corrida, mas ultimamente tenho treinado bastante as subidas. E de fato fui até mais rápido  no KM 3 pois aproveitei bem a descida tb. Consegui fechar em 5’00” cravados.

Circuito Estações Inverno 2014 Velocidade

 

A partir dai a corrida ficou dificil. Sempre sofro nessa volta da Av. Pacaembu. Parece que a placa do Km 4 não chega nunca… A parte aeróbica estava pegando. Não me sentia inteiro na respiração, parecia que estava com capacidade reduzida. E nessa hora faltou pulmão.

Circuito Estações Inverno 2014 Altimetria

 

Foi na raça que fechei o Km 4 com 4’50”. Nem estava olhando o cronometro, mas na percepção sabia que estava fazendo a corrida do jeito certo, aumentando a velocidade a cada Km.

Circuito Estações Inverno 2014 Cronometragem

 

Finalmente o Km final. Quando vi a placa dos 500m finais senti um alivio e tentei apertar o passo. O que complica é a pequena subida na chegada. Mirei no portal da chegada e tentei ir o mais rapido possível. Fiz o último Km em 4’56” e os últimos 200m com pace de 4’23”, fechando a prova com 26’10”. Acima do meu objetivo, mas foi um tempo muito bom para mim. Foram só 41 segundos acima do meu PR desse percurso.

IMG_4145

Interessante que sempre achava mais difícil fazer tempos bons de 5K nesse percurso e só agora me dei conta que o percurso não é de 5K e sim de 5.2K oficialmente. No próprio resultado da Ativo.com que fui pesquisar hoje aparece a distancia correta.

Tempo Líquido: 26:10
Número de Peito: 640
Classificação Geral: 359
Classificação Faixa Etária: 19
Classificação Sexo: 290
Ritmo: 05:02 min/km
Velocidade Média: 11.9 Km/h

Se você participou da prova, veja aqui seu resultado. E não deixe de procurar também pelas suas fotos no sites abaixo.

Saiba mais sobre essa prova visitando o site oficial.

Até a próxima corrida, pessoal!

Corrida 10 Milhas: Resultado

Amigos Corredores, completei com sucesso o percurso de 5 milhas da Corrida 10 Milhas da O2 hoje. A prova foi realizada aqui em São Paulo e teve a largada em frente a Assembléia Legislativa, próximo ao Parque Ibirabuera.

Medalha Corrida 10 Milhas

Medalha Corrida 10 Milhas

O dia estava perfeito para correr, pelo menos pro meu gosto. Temperatura de 16 graus, céu claro e sol firme mas como a largada foi as 7h30 não deu nem tempo do sol atrapalhar a performance.

Em relação a organização da prova só tenho elogios. Tudo funcionou corretamente. Foi uma experiência bem agradável. Desde a retira do kit na loja Decathlon do Morumbi, sem filas e sem atropelos (pelo menos qdo fui no sábado a noite), até a prova propriamente.

Largada da 10 Milhas

Largada da 10 Milhas

 

A largada foi em pelotões. Aqui uma sugestão. Ajuda mas não resolve. Os pelotões precisam ser realmente separados pra funcionar perfeitamente. No exterior, nas provas maiores, as largadas são em pelotões e em ondas, separadas por alguns minutos. Isso dá tempo e espaço para que os corredores de diferentes paces corram com mais conforto. Seria legal considerar isso nas próximas, organizadores!

Tinha bastante gente, mas creio que não passou muito dos 3500 corredores. Na arena, retirada do chip, guarda-volume e os demais serviços funcionaram bem.

Fui de moto para evitar os congestionamentos e dessa vez, infelizmente, minha fiel companheira, minha esposa, não pode me acompanhar. :-(

Clube O2 na 10 Milhas

Clube O2 na 10 Milhas

Tenho treinado bem pesado nos últimos meses e de forma bem consistente. Musculação três vezes por semana, CrossFit (pois é comecei há uns 6 meses) de 3 a 4 vezes por semana e corrida 3 vezes por semana, e ainda de quebra um spinning quando dá tempo. Confesso que a corrida ficou em segundo plano ultimamente, mas fui retomando aos poucos. Meus planos para 2014 são de continuar focando nas corridas, mas nesse ano não devo fazer nenhum prova longa. Quero ficar nas de 15K para baixo, com foco nas de 10K.

Outra novidade boa é que perdi muito peso nos últimos meses também. Em jan/13 comecei um plano bem focado de exercícios e alimentação. Na época estava com 113Kg e 30% de gordura corporal. Atualmente, depois de muito foco nos treinos e controlando bem a alimentação, estou com 96Kg e 14% de gordura!! Acreditem! Funciona! É só ter dedicação.

O legal é que isso mudou bem minha performance na corrida. Hoje consigo correr melhor e mais rápido, porque nunca deixei de treinar corrida ao longo desses meses e obviamente porque estou bem mais leve.

10 Milhas Percurso

10 Milhas Percurso

Bom, havia me inscrito para o percurso de 5 milhas (pouco mais de 8Km). A semana foi de pesada de treinos e tive um treino forte de pernas na musculação na sexta e um treino de CrossFit no sábado que não foi brincadeira. Meu plano era pegar leve nessa corrida. Coloquei como meta no meu Garmin fazer a corrida com pace médio de 5’30”, mas sem stress. Se não desse, tudo bem.

10 Milhas Velocidade

10 Milhas Velocidade

Largamos e nas primeiras passadas senti que as pernas estavam pesadas pra caramba. A musculatura estava tensa dos treinos. Certamente teria que rodar lento por um tempo pra ver como evoluiria. Olhei o relógio e vi que estava ficando para trás no ritmo. Desencanei da meta. O importante é preservar o corpo e correr saudável. Procurei observar somente minha freqüência cardíaca e mantê-la no começo segundo limiar anaeróbio, no meu caso, isso fica próximo dos 164 bpm.

10 Milhas Freq Cardiaca

10 Milhas Freq Cardiaca

Fui levando no mesmo ritmo até a metade do percurso. Fiz o Km1 em 5:48, o Km2 em 5:32, o Km3 em 5:43 e o Km4 em 5:42. Passei tranquilo pelo parque, entramos na Rubem Berta e suas pequenas subidas e descidas e finalmente vi o retorno. Já estava confiante que conseguiria fazer a prova toda e com tranquilidade.  Ao ver a placa do Km5 e perceber que estava em boas condições físicas, já comecei a melhorar o ritmo. Peguei uma água no posto de hidratação, mandei bala num sachê de gel de cargo e foquei no final da prova. Fechei o Km5 em 5:33.

Eu na chegada

Eu na chegada

Depois disso fui aumentando o ritmo progressivamente. Fiz o Km6 em 5:29 e o Km7 em 5:27. Já estava me aproximando a avenida do parque de novo em direção a chegada. Apertei mais o ritmo e quando vi a placa de 500m para a chegada acelerei. Consegui fazer o Km8 em 4:32, um ritmo bem alto para mim. Não lembro de ter rodado um km com média nessa velocidade em nenhuma prova. Isso mostra que o condicionamento está bom e o peso que perdi está ajudando a me deixar mais rápido. Pelas medidas do meu Garmin deu pra ver que rodei a velocidades entre 13 e 19 Km/h nos últimos 500m da corrida. :-) No fim consegui ficar dentro da minha meta e fiz um pace médio de 5’28″/km na prova. Terminei o percurso em 44’06” (tempo oficial).

Acabei estabelecendo um novo recorde pessoal (PR) para essa distância. Meu melhor tempo era 50’10” na Mizuno 10 Milhas em Abril de 2010.

Tempo Líquido: 44:06
Número de Peito: 169
Ritmo: 05:28 min/km

10 Milhas Cronometragem

10 Milhas Cronometragem

A chegada foi tranquila e tinha bem pouca gente, pois creio que a maioria dos participantes escolheu fazer 10 milhas. Peguei minha medalha e os demais brindes e fui para o Clube O2 tomar um cafezinho e comer um lanche.

Como sempre, para obter as fotos das provas acesse um dos sites abaixo:

Minha próxima corrida será a primeira etapa da Série Delta em 18 de maio lá no Ipiranga. Até lá!

 

Corrida e Caminhada Contra o Câncer de Mama 2013 5K: Resultado

Amigos Corredores,

Este domingo participei de mais uma corridinha de 5K. Dessa vez foi a Corrida Contra o Câncer de Mama, organizado pela Yescom. O percurso foi nos arredores do Parque Ibirapuera aqui em São Paulo e a arena foi montada no pátio da Assembléia Legislativa.

 

Dessa vez minha fiel companheira, minha esposa Dani, não me acompanhou. Na época da inscrição ela estava sentindo algumas dores no joelho e achou melhor poupar o esforço.

Corrida Contra o Cancer 2013 - Medalha

Corrida Contra o Cancer 2013 – Medalha

Particularmente, estou numa fase muito boa dos treinos. Consegui perder peso. De janeiro/13 para agora perdi 10 Kg. Além disso, tenho feito musculação regularmente (3x/semana) e treinos de corrida no mínimo três por semana também, além de treinos de spinning e outros esportes. Além disso, entrei numa competição com alguns amigos de quem consegue fazer a maior quilometragem no mês de agosto, usando o NikeRun (app da Nike) para registrar. Até o momento já fiz mais de 150 Km, o que é bem acima do que estava acostumado.

Com isso tudo o momento era perfeito para tentar um recorde pessoal nos 5K. Apesar de estar focado em volume de Km nesse mês, tenho treinado bastante velocidade e minha grande meta do momento é terminar 5K em tempo menor que 25 minutos (sub-25), o que para mim é muito muito rápido.

Corrida Contra o Cancer 2013 - Largada

Corrida Contra o Cancer 2013 – Largada

Fiz a retirada do kit no sábado no Hospital do Câncer, lá na Radial Leste. Bem longe para mim, mas correu tudo bem. Como sugestão sugiro fazer a entrega dos kits em mais dias, e não somente no sábado, o que dá mais tumulto. O kit era espartano, quase nenhum brinde, mas justificado pelo valor bem menor da inscrição do que se comparada as outras corridas em SP. Um detalhe importante é que a Yescom está usando os chips descartáveis. Você usa e não precisa devolver. Com isso, o chip vem junto no kit e não há necessidade daquela correria pra retirar o chip antes da largada. Muito bom.

Corrida Contra o Cancer 2013 - Tempo

Corrida Contra o Cancer 2013 – Tempo

Deixei tudo arrumadinho no dia anterior, dormi o mais cedo possível, e acordei a tempo de me alimentar e chegar com calma na arena. A organização estava bem estruturada e tudo funcionou direitinho. Fui direto pra largada e consegui ficar bem na frente, a poucos metros do portal da largada.

Corrida Contra o Cancer 2013 - Cronometragem

Corrida Contra o Cancer 2013 – Cronometragem

Tocou a corneta da largada e disparei. Poucos segundos depois já passei o portal e disparei o cronômetro. Dessa vez não queria perder o controle do tempo. Configurei o “virtual partner” do meu Garmin para um pace de 5’00″/Km.

Poucos metros depois estava muito ofegante. Percebi que me animei com a largada e acelerei demais. Olhando agora os dados do Garmim dá pra ver que com dois minutos de prova eu já estava a 90% da frequência máxima. Esse começo acelerado iria certamente me atrapalhar no fim.

Corrida Contra o Cancer 2013 - Percurso

Corrida Contra o Cancer 2013 – Percurso

Fechei o primeiro Km com 4’52” e, portanto, dentro da minha meta. O problema é que estava cansado na parte cardio-respiratória. Reduzi um pouco e fiz o Km 2 em 4’57”, ainda na meta. Agora já tinha 11 segundos sobrando. Comecei a ver que talvez fosse possível fechar em 25 minutos.

O Km 3 foi justamente na passagem em frente ao lago do Ibirapuera e em frente ao ponto de chegada, sensação que nunca é muito agradável pois você eprcebe que está se afastando da chegada ao invés de se aproximar. O cansaço estava forte e naturalmente acabei reduzindo a velocidade para me preservar. Fechei o Km 3 em 5’19”. A situação tinha mudado. Agora já estava atrás da meta. O jeito era recuperar no último quilômetro. Questionei forte se ia conseguir ou não…

Corrida Contra o Cancer 2013 - Frequencia e Ritmo

Corrida Contra o Cancer 2013 – Frequencia e Ritmo

O Km 4 foi dureza porque já estava na parte do percurso que vai em direção a Av. 23 de Maio e a sensação é que o retorno não chegava nunca. Continuava cansado e tentando dar o máximo. A frequência cardíaca estava em 98%. Finalmente o retorno chegou e fechei o Km 4 em 5’24”. A situação tinha mudado. Agora já estava atrás da meta. O jeito era recuperar no último quilômetro.

Acelerei o que pude. A sensação de começar a ver que estava perto e que era só aguentar mais um pouco tomou conta de mim. Forcei e fiz o último Km em 4’36” recuperando parte do prejuízo mas infelizmente concluindo acima dos 25 minutos. Mas foram apenas 10 segundos. Fechei em 25’10” no meu cronômetro (ainda não sei o tempo oficial), mas foi um avanço fantástico. Consegui reduzir mais de 1’30” o meu melhor tempo de 5K e isso em apenas 2 meses. Fiquei muito feliz e com a sensação ótima de que atingi um grande resultado. Valeu muito a pena ter participado da corrida.

Peguei a medalha e água, tirei algumas fotos e sai rapidamente da arena. Não tinha nada além de água e um lanche bem inapropriado (bolo de mel e torrone). Pessoal, uma frutinha vem bem, né?

Se você participou da corrida e está procurando suas fotos veja também estes sites :

Circuito das Estações – Etapa Inverno 5K 2013: Resultado

Pessoal, acabei não fazendo o post sobre essa corrida no dia. Antes tarde do que nunca, né? Então, ai vai um breve relato.

Medalha Circuito Estacoes 2013 Inverno

Medalha Circuito Estacoes 2013 Inverno

A Etapa Inverno do Circuito das Estações Adidas 2013 foi no dia 30/6/13 aqui em São Paulo, com largada e chegada em frente ao Estádio Pacaembu.

O clima estava típico de inverno. Temperatura pela casa dos 15 graus e o que estava pintando aconteceu mesmo: uma chuvinha chata e persistente. De leve, mas choveu a prova inteira. A espera antes da largada foi bem chata porque estava difícil não passar frio.

Kit do Circuito das Estações Inverno 2013

Kit do Circuito das Estações Inverno 2013

A grande novidade pra nós é que o irmão e a irmã da Dani correram junto com a gente. Foi uma corrida em família bem legal.

Circuito Estacoes 2013 Inverno 5K - Percurso

Circuito Estacoes 2013 Inverno 5K – Percurso

Dessa vez montamos uma estratégia diferente. A Dani estava preocupada com a lesão do joelho e eu por outro lado vinha treinando para melhorar minha velocidade. Acabamos combinando que cada um ia tentar o seu melhor tempo. Isso implicaria em não corrermos juntos.

Família preparada para correr o Circuito das Estações Inverno 2013

Família preparada para correr o Circuito das Estações Inverno 2013

Coloquei como meta bater o meu recorde pessoal de 5K, que até então era 29’51” no Circuito do Sol em 2010, por sinal com percurso quase igual ao do Circuito das Estações, na região do Estádio Pacaembu. Minha meta era tentar fechar os 5K em 25 minutos, mas sabia que ia ser broca. A motivação era ultrapassar o cunhado, que sabia que ia correr forte e próximo dos 25 minutos.

Circuito Estacoes 2013 Inverno 5K - Cronometragem

Circuito Estacoes 2013 Inverno 5K – Cronometragem

Na largada me atrapalhei um pouco com os “gadgets” (iPhone e Garmin) e acabei não disparando na hora certa e ainda fiquei um pouco lento. Depois apertei o passo. Terminei o KM1 em exatos 5’00”, ou seja, exatamente no necessário para a minha meta. Continuei apertando o passo e o KM2 foi forte, fechando em 4’47”. Estava tudo indo bem. A chuva não atrapalhava. Mas a maldita subidinha da rua Marta e o pedaço do elevado ia me atrasar. De fato, fiz o KM3 em 5’46” e já estava devendo mais de 30 segundos. De volta a Av. Pacaembu acelerei um pouco e conclui o KM4 em 5’17”. Agora já estava quase impossível. Estava a 102% da frequência cardíaca e sentindo o ritmo forte. Consegui fazer o último KM em 5’23”, fechando os 5K em 26’41”. Tempo abaixo da minha meta, mas excelente ainda porque acabou sendo o meu novo recorde pessoal em 5K. Reduzi mais de 3 minutos do meu melhor tempo de 5K. Fiquei muito satisfeito, sinal de que os últimos treinos estavam dando resultado e melhorando minha velocidade em provas curtas.

Dani no Circuito das Estações Inverno 2013

Dani no Circuito das Estações Inverno 2013

A Dani fez um tempo bom, apesar de não ser recorde pra ela, mas dada a situação do joelho foi um ótimo tempo. Ela terminou os 5K em 31’03”. O melhor tempo dela nesse circuito. Minha cunhada fechou em 33’18” e o cunhado em 26’10” (quase alcancei ele).

Dani e eu na chegada do Circuito das Estações Inverno 2013

Dani e eu na chegada do Circuito das Estações Inverno 2013

Nossa próxima prova será a Série Delta Etapa Japão em São Paulo no dia 11 de agosto de 2013.

Se você está procurando uma corrida para participar, não deixe de conferir o Calendário 2013 de Corridas de Rua de São Paulo aqui no PodCorrer.

Até a próxima.

Falta pouco para a Golden Four ASICS Rio de Janeiro 2013

O ano começou e, com ele, o circuito Golden Four ASICS 2013. E a primeira cidade a receber a prova é o Rio de Janeiro, no dia 07 de abril. Esta é a primeira oportunidade para quem quer melhorar seu tempo em uma prova de 21K, em um dos cenários mais belos do país. Para quem ainda não se inscreveu, basta acessar o site oficial da prova (www.asics.com.br/golden4asics) e realizar a inscrição, no valor de R$100,00.

A largada da prova será às 7h no Recreio dos Bandeirantes e a chegada acontecerá em frente ao Golf Club de São Conrado. Vale lembrar ainda que todos competidores têm a oportunidade de recarregar as energias com Gatorade e água a cada 3km. Os postos de hidratação são indispensáveis para garantir uma prova segura e bastante equilibrada.

Golden Four Asics 21K 2013

Golden Four Asics 21K 2013

Após a etapa carioca, Porto Alegre recebe pela primeira vez a Golden Four ASICS, em 30 de junho. Em seguida, São Paulo terá a oportunidade de participar da melhor meia-maratona do país em 28 de julho. E como já é tradição, Brasília fecha o circuito Golden Four ASICS em 03 de novembro.

Premiação em dobro para os primeiros colocados

Para 2013, a ASICS preparou uma série de novidades para a Golden Four. Sem dúvida, a mais significativa delas é a premiação, que dobrou de R$ 80 mil para R$ 160 mil, que serão distribuídos em cada etapa, do primeiro ao quinto colocado geral, masculino e feminino.

Outro destaque é a premiação por quebra de recorde por etapa. O corredor que atingir este feito leva R$ 2.000,00 (válido para as categorias masculino e feminino). A iniciativa, única no Brasil, tem como objetivo estimular a performance dos participantes. Na etapa carioca, os melhores tempos são:
1:04:35 – Paul Koech Kinutai (masculino, Quênia, 2012)
1:16:02 – Nelly Jepkurui (feminino, Quênia, 2012).

Um outro modo de incentivar o melhor desempenho dos atletas é a premiação para quebra de recorde do circuito. São R$ 5.000,00 para quem fizer o melhor tempo em qualquer uma das quatro edições da Golden Four em 2013, tanto no masculino quanto no feminino. E a partir deste ano, a prova terá um TOP 20 Feminino que dará uma medalha de ouro para as primeiras 20 atletas amadoras que cruzarem a linha de chegada. A categoria TOP 100 será exclusivamente para os homens.

Ajustes técnicos para melhorar ainda mais a prova

A categoria Elite B também apresenta mudanças, com novos tempos de seleção. Agora, os homens precisam ter tempo comprovado de 1:30 e as mulheres de 1:40 na distância de 21K. A ideia é tornar a largada ainda mais especial e dar condições aos corredores realmente mais fortes e de performance para que façam uma prova ainda mais rápida. O controle do desempenho do atleta durante a prova agora também poderá ser conferido a cada 10K, com a colocação de tapetes oficiais que farão a divulgação parcial do tempo.

Retirada do kit diferenciada na Golden Four EXPO

No dia anterior à prova, os corredores já têm uma prévia da excelência da Golden Four ASICS. Isso porque a marca organiza a Golden Four EXPO, um evento que serve como ponto de entrega dos kits, oferece uma série de serviços aos inscritos. Por lá, é possível encontrar produtos da marca na loja especial montada para atender os aficionados pelas novidades da ASICS e também usufruir das ações dos parceiros da Golden Four, como massagens, customizações de camisetas, assinaturas de revistas e conhecer os últimos lançamentos do mercado esportivo.

GOLDEN FOUR ASICS RIO DE JANEIRO 2013
Dia 07 de abril
Largada às 7h no Recreio dos Bandeirantes
Preço: R$100,00
Inscrições e mais informações: www.asics.com.br/golden4asics

GOLDEN FOUR EXPO – RIO DE JANEIRO 2013
Data: 06 de abril
Horário: das 10h às 18h
Local: Hotel Windsor Barra
End.: Av. Lucio da Costa, 2360 – Barra da Tijuca

ASICS
SAC: 0800 722 7427
Site: www.asics.com.br

Siga a ASICS nas mídias sociais:
Facebook: http://www.facebook.com/ASICS
Youtube: http://www.youtube.com/asics
Twitter: http://twitter.com/asicsbrasil
Instagram: @asicsbrasil
Pinterest: http://pinterest.com/asicsbrasil/

Circuito das Estações Adidas 5K – Outono 2013: Resultado

Amigos Corredores,

Acabamos de participar de mais uma prova do Circuito das Estações Adidas. Corremos a Etapa Outono aqui em São Paulo, com largada e chegada em frente ao Estádio Pacaembu.

Medalha Circuito das Estações 2013 Etapa Outono

Medalha Circuito das Estações 2013 Etapa Outono

Este ano tivemos algumas novidades. Acho que a melhor delas foi a modificação do percurso de 5K. Retiraram a perna final que tinha logo antes da chegada e acrescentaram uma subida ao elevado, com retorno menos de 300m após a subida. Outra boa medida foi interditar uma pista a mais na Av. Pacaembu, com isso a volta foi feita por pista diferente da ida, melhorando bem o fluxo e evitando congestionamentos. O fluxo dos corredores foi muito mais tranquilo, pelo menos na prova de 5K que participei.

Outra novidade legal é que os corredores poderão baixar suas fotos gratuitamente no site MyRun. Até a hora que fechei esse post as fotos ainda não estavam disponíveis, mas devem entrar em breve.

Chegamos um pouco atrasado na arena, por volta das 7h20. A largada dos 5K seria as 7h30 e dos 10K as 8h30. Acabamos largando bem no final, pouco tempo antes de fechar a largada. Isso atrapalhou um pouco, pois logo encontramos os caminhantes. Não tenho nada contra a turma que caminha, mas o que complica é que ficam caminhando em pelotão um do lado do outro, bloqueando completamente a pista. Pessoal, vamos ficar atentos pra evitar de bloquear a passagem!

A meta era tentar diminuir o tempo da última prova da Dani (33’08”) e estabelecer um novo recorde pessoal. Para isso regulei o pace alvo no meu Garmin para 6’30″/Km. E largamos.

Logo já encontramos um monte de caminhantes dificultando a passagem e foi quase impossível manter o ritmo. Fechamos o primeiro Km com 6’07 e o segundo em 6’18”. Chegamos na subida ao elevado e aí não teve jeito. Tivemos que caminhar porque estava lotado de gente caminhando. Fechamos o Km 3 em 7’10”, mas ainda estávamos com uma média boa para quebrar o recorde da Dani.

Numa das ultrapassagens a Dani pisou em falso e sentiu o joelho. Corremos mais um pouco mas ela começou a sentir dor e achou melhor caminhar um pouco. Fizemos o Km 4 em 6’37” e pouco antes do final do Km 4 nos separamos. Dei uma aceleradinha e fiz o quilômetro final em 6’02”, fechando a prova em 32’44”. A Dani terminou a prova em 34’49”.

Há cerca de 3 semanas comecei um treino de 16 semanas para Meia Maratona. Estou seguindo treino direitinho para poder voltar a correr 21K provavelmente lá por junho ou julho. Enquanto isso devo fazer algumas provas pequenas para correr junto com a Dani e tentarmos melhorar o tempo de 5K dela e evoluir para provas de 10K.

Nossa próxima prova deve ser a Night Run no dia 23 de março.

Se você está procurando uma corrida para participar, não deixe de conferir o Calendário 2013 de Corridas de Rua de São Paulo aqui no PodCorrer.

Até a próxima.